SuperVia lança o 'Tô de love no trem', site de paquera para o Dia dos Namorados

Até o dia 16 de junho, passageiros poderão cadastrar suas informações e buscar seu mozão no vai e volta do dia a dia

Por Alice Cravo*

SuperVia lança site para paquera nos trens
SuperVia lança site para paquera nos trens -

Rio - O vaivem diário nos trens também pode promover encontros e começar grandes histórias de amor. E você já pensou quantos casais se conheceram assim? Já pensou que o seu par pode estar no mesmo ramal que você?

Foi pensando nisso e acreditando que as viagens de trem podem ser muito mais do que o trajeto de ida e volta entre o trabalho, casa e escola, que a SuperVia criou o site “Tô de love no trem”, que funciona como um espaço para paquera e vem para ajudar os passageiros a encontrarem sua cara metade.

Segundo Ninah Shnaiderman, coordenadora de marketing do projeto, a SuperVia entende que eles são mais do que um transporte e que seus passageiros passam muito tempo fazendo suas viagens. “Queremos contribuir na vida dos nossos passageiros. Sempre buscamos iniciativas que contribuam de alguma forma com essas pessoas, que façam a diferença”, conta. “A gente sabe que nosso trabalho é melhorar o transporte e trabalhamos muito para isso, mas sabemos também que temos que contribuir para a melhoria de suas vidas”, completa Ninah.

Ela conta que a ideia do projeto veio a partir das histórias recebidas a todo momento de pessoas que se conhecem no trem e acabam formando casais. Inclusive, o site do “Tô de love no trem” separa um espaço para contar esses casos.

“A gente sabe que o trem é um espaço de troca, as pessoas aqui criam vínculos, fazem café da manhã de aniversário, é um espaço social. A SuperVia sempre estimulou isso e vemos como uma coisa muito positiva”, afirma Ninah.

“Esse ano, para o Dia dos Namorados, a gente pensou em fazer alguma coisa diferente. Além das pessoas que se conhecem, a gente sabe que tem sempre aquela paquera que não tem coragem de falar e a gente veio pra dar uma forcinha”.

Até o dia 16 de junho, os passageiros poderão cadastrar suas informações no site https://www.todelovenotrem.com.br , como nome, idade, foto, sexo e idade de interesse, o que gosta de comer, de escutar, quais ramais que costuma pegar, em quais horários, entre outras informações, que podem ser editadas a qualquer momento.

O sistema vai traçar um perfil do passageiro com os dados fornecidos e, em seguida, cruzá-lo com os demais perfis existentes. Uma lista de perfis compatíveis será então disponibilizada aos participantes, que poderão curtir aqueles que mais gostarem. O passageiro também poderá optar por receber notificação sempre que um novo perfil compatível for encontrado. Se as curtidas forem recíprocas haverá um chat privado para as conversas, que ficarão guardadas para o caso de os participantes desejarem retomar o bate-papo ao logarem novamente no site.

Os usuários podem ser denunciados a qualquer momento e é possível "descurtir" os perfis. Nesses casos, o chat privado será automaticamente bloqueado.

Nas redes sociais, o site já é um sucesso. “Que meu marido não leia, mas eu já dei umas olhadas num camelô”, compartilhou uma internauta. “Olá bebê, sei que você tá cansada do trabalho mas estaria interessada em dar uma paradinha aqui na estação de São Cristóvão pra gente comer aquele espetinho com latão?”, “Eu já namorei um menino que conheci no trem. Todos os dias ele ficava na porta do vagão esperando eu entrar. Naquela época não tinha WhatsApp e mal usávamos celular”, “eu amor pode estar esperando por você, agora mesmo, na estação Tancredo Neves”, comentaram outros.

*Estagiária sob supervisão de Cadu Bruno

Últimas de Rio de Janeiro