Polícia prende trio suspeito de integrar quadrilha especializada de roubo de celulares

Grupo foi capturado após roubar uma loja de departamento no Shopping Via Brasil, em Irajá

Por GUSTAVO RIBEIRO

Polícia Civil prende trio envolvido em roubos a lojas de celulares
Polícia Civil prende trio envolvido em roubos a lojas de celulares -

Rio - Três pessoas foram presas em flagrante, na noite deste domingo, suspeitas de integrar um quadrilha especializada em roubos a lojas de celulares. De acordo com informações da Polícia Civil, os criminosos vinham sendo investigados e monitorados por agentes da 23ª DP (Méier). O grupo foi capturado após roubar uma loja de departamento no Shopping Via Brasil, em Irajá, Zona Norte do Rio.

Na ação, os agentes prenderam Demetrius Alves da Silva e Lucas Roberto de Souza Oliveira e apreenderam um adolescente. Todos foram autuados pela prática do crime de roubo. Os homens ainda responderão por corrupção de menor.

Segundo a Polícia Civil, após informações do setor de inteligência da delegacia de que criminosos iriam roubar uma loja de celulares no centro comercial, os agentes foram até o local, onde constataram que o estabelecimento tinha sido roubado. Os policiais conseguiram as características físicas e de vestimenta dos suspeitos e, após cruzarem com os dados que davam conta de que os autores seriam da Rocinha, foram até a Praça Sibelius, no Jardim Botânico.

 

Preso suspeitos de integrar quadrilha especializada em roubar celular - WhatsApp O Dia

No local, os agentes realizaram uma blitz e ao abordar um táxi, os autores foram reconhecidos com base nas características físicas. Com eles foi encontrada uma mochila com diversos celulares e acessórios. Em depoimento, os suspeitos confessaram o roubo, assim como as vítimas formalizaram o reconhecimento deles na unidade policial. Todos os celulares foram recuperados. Com essas prisões, já são oito envolvidos em roubos de celulares presos no final de semana por agentes da delegacia do Méier.

Em nota, o Via Brasil Shopping informou que está colaborando com as autoridades competentes para a elucidação do caso.

Na noite deste sábado, cinco integrantes da quadrilha foram presos pela 23ª DP. Entre eles, um homem que é apontado pela Polícia Civil como autor da morte do policial civil Marcos Aurélio Garcia da Fonseca, da 20ª DP (Vila Isabel), atingido por seis tiros em tentativa de assalto no Andaraí, no dia 27 de junho. O suspeito é Erick Rodrigues Santos, 19, que tinha mandado de prisão pelo crime. Única mulher presa com o grupo, Maria Beatriz Felipe Gonçalves, também de 19 anos, confessou ter participado do assalto à loja Kalunga, na Tijuca, no dia 18 de abril, que terminou com a morte de Valdisa Mota de Souza, 59, por bala perdida.

 

 

Galeria de Fotos

Polícia Civil prende trio envolvido em roubos a lojas de celulares Divulgação / Polícia Civil
Preso suspeitos de integrar quadrilha especializada em roubar celular WhatsApp O Dia

Últimas de Rio de Janeiro