PMs disseram que foram atacados

Por

A Polícia Civil registrou a morte como "homicídio decorrente de oposição à intervenção policial", quando há troca de tiros. A corporação explicou que o registro foi feito segundo relatos dos PMs. Entretanto, poderá mudar a tipificação, ao longo das investigações. Dois policiais prestaram depoimento e disseram que foram atacados por criminosos e chegaram a apresentar um radiotransmissor, que teria sido apreendido com Serrano.

O delegado Giniton Lages, da Delegacia de Homicídios (DH), que assumiu o caso, deverá convocar todos os envolvidos para novos depoimentos. A carabina de um PM que participou da ação foi apreendida, mas todas as armas dos policiais deverão ser recolhidas e periciadas.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro