Bandidos explodem agência do Bradesco na Tijuca

Criminosos estavam em pelo menos quatro carros e fizeram um cerco na região para atacar os caixas eletrônicos do banco

Por Raimundo Aquino

Bandidos ficaram na esquina da Mariz e Barros com Professor Gabizo
Bandidos ficaram na esquina da Mariz e Barros com Professor Gabizo -

Rio - Bandidos atacaram, por volta das 4h desta terça-feira, a agência do Bradesco que fica na esquina das ruas Mariz e Barros com a Professor Gabizo, na Tijuca, na Zona Norte do Rio. De acordo com testemunhas, eles estavam em pelo menos quatro carros e fizeram um cerco no quarteirão para explodir os caixas eletrônicos do banco. Na ação, os criminosos também fizeram disparos de tiros, sem confronto com a polícia. Ainda não há informações se eles conseguiram levar algo de valor do local.

Um vídeo divulgado nas redes sociais mostra o momento de uma das explosões e o disparos de vários tiros; assista!

Uma moradora que preferiu não se identificar filmou um dos cercos montados pelo bando, na esquina da Mariz e Barros com a São Francisco Xavier, a cerca de 300 metros da agência (assista mais abaixo). "Ouvi duas explosões muito fortes, muito tiro e percebi claramente que eles estavam aqui na minha esquina dando uma cobertura", afirma a moradora, que foi acordada pelo barulho das explosões.

Ela conta que nessa esquina, ficaram cinco bandidos, quatro deles com toucas ninja e fortemente armados. "Eles apontaram as armas para os prédio para ver se tinha morador na varanda, na janelas... as armas estavam muito para cima, nada para baixo. Eles pareciam muito preocupados com a possibilidade de serem filmados", relembra.

A moradora conta que após o ataque ao banco, o bando saiu em quatro carros, contando com o que deu cobertura na São Francisco Xavier, em direção ao Largo da Segunda-feira.

Procurado pelo DIA, a Polícia Militar informou que foi acionada e enviou agentes do batalhão do bairro (6º BPM) para o local. "Os policiais (...) acionaram a perícia. Ocorrência encaminhada à 18ª DP", disse, em nota.

O Bradesco avisou que o banco está trabalhando para restabelecer o atendimento da agência o mais breve possível. "Os clientes estão sendo direcionados para agências Bradesco e para unidades do correspondente bancário Bradesco Expresso na região", informou, em nota.

Agência ficou bastante destruída - Reprodução / Internet

 

Ataque na mesma rua

A explosão do Bradesco desta madrugada aconteceu menos de 15 dias depois de um outro ataque a um banco na mesma rua. No último 31 de outubro, por volta do mesmo horário, bandidos explodiram os caixas eletrônicos do Banco do Brasil que fica na Mariz e Barros, 1.000. O endereço fica a 700 metros do local de hoje.

Policiais chegaram logo depois do ataque - Reprodução / Internet

Galeria de Fotos

Bandidos ficaram na esquina da Mariz e Barros com Professor Gabizo Foto enviada para o 'Zap Zap' do Meia Hora
Agência ficou bastante destruída Reprodução / Internet
Policiais chegaram logo depois do ataque Reprodução / Internet
A agência fica na esquina das ruas Mariz e Barros com a Professor Gabizo Reprodução / Internet

Últimas de Rio de Janeiro