Corpo de turista morta em trilha em Arraial do Cabo é liberado pelo IML

O enterro de Fabiane Fernandes deve acontecer no Cemitério Municipal do Rio Vermelho, em Florianópolis

Por O Dia

Empresária catarinense Fabiane Fernandes foi morta em trilha de Arraial do Cabo
Empresária catarinense Fabiane Fernandes foi morta em trilha de Arraial do Cabo -

Rio - O corpo de Fabiane Fernandes, turista que foi morta em uma trilha de Arraial do Cabo, na Região dos Lagos do Rio, foi liberado pelo Instituto Médico Legal (IML), neste sábado. O corpo está sendo encaminhado para Florianópolis e o traslado está sendo feito pela Prefeitura de Arraial do Cabo.

A turista de 30 anos foi encontrada morta, na Prainha, em Arraial do Cabo, na quarta-feira. Segundo as primeiras informações, o enterro de Fabiane vai acontecer no Cemitério Municipal do Rio Vermelho, em Florianópolis. O dia e horário do sepultamento dependem do tempo de traslado do corpo. 

Exames apontam que Fabiane Fernandes teve todos os ossos da face quebrados e morreu por traumatismo cranioencefálico. A Polícia Civil não descarta a hipótese de latrocínio, roubo seguido de morte. 

Polícia interroga suspeito

Um homem foi conduzido à 132ª DP (Arraial do Cabo) , no final da tarde de quinta-feira, para prestar esclarecimento por suspeita de envolvimento no crime. O suspeito foi levado à delegacia pela Guarda Ambiental, prestou depoimento e, como não há de imediato evidências de sua participação no crime, foi liberado.

O homem teria acampado na região onde a turista catarinense desapareceu no fim de semana, próximo da Trilha Prainha, e chegou a ser visto por bombeiros durante as buscas. Entretanto, somente nesta quinta-feira ele foi localizado em outro ponto de trilha e levado para prestar depoimento.

 

Galeria de Fotos

Empresária catarinense Fabiane Fernandes foi morta em trilha de Arraial do Cabo Arquivo Pessoal
Turista desaparece em Arraial do Cabo e bombeiros fazem buscas Reprodução Facebook

Últimas de Rio de Janeiro