Filho de Wilson Witzel fala sobre manifestações

Jovem passava em frente à sede da Polícia Federal, no Centro, quando se deparou com movimentação

Por RAFAEL NASCIMENTO

Éric Witzel, filho do governador eleito Wilson Witzel
Éric Witzel, filho do governador eleito Wilson Witzel -

Rio - No meio da movimentação e correria na porta da sede da Polícia Federal, na Praça Mauá, por conta da prisão do governador Luiz Fernando Pezão, nesta quinta-feira, a presença do filho do governador eleito pelo Rio de Janeiro Wilson Witzel chamou a atenção da equipe do DIA.

Éric Witzel, de 24 anos, não quis comentar a prisão de Pezão, mas contou que estava passando pelo local e a movimentação dos manifestantes na porta da sede da PF acabou chamando a sua atenção. Segundo Éric, até o momento, ele não sabia do ocorrido. 

"Tava passando pela Praça Mauá porque fui resolver um problema no centro. Passei por aqui e vi a movimentação. Eu estranhei, e resolvi parar para tirar uma foto dos manifestantes", contou. 

"Eu acho que todo tipo de protesto é válido, porque isso mostra que a população está participando ativamente da política. Na porta de uma escola aqui do centro tem uma pintura sobre os direitos humanos e isso mostra o momento que estamos passando. É super válido", completou. 

 

Galeria de Fotos

Éric Witzel, filho do governador eleito Wilson Witzel Agência O DIA
Manifestantes na porta da PF comemoram a prisão de Pezão Reprodução

Últimas de Rio de Janeiro