Eduardo Gussem é eleito procurador-geral de Justiça do MP-RJ

Gussem foi o único candidato inscrito na eleição realizada nesta segunda-feira

Por O Dia

Eduardo Gussem é eleito procurador-geral de Justiça
Eduardo Gussem é eleito procurador-geral de Justiça -

Rio - O procurador-geral de Justiça, Eduardo Gussem, foi eleito com 750 votos, o que corresponde a 93,28% do total de votos válidos. Com isso, será reconduzido ao cargo para dar continuidade ao trabalho que vem desenvolvendo à frente do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MP-RJ), nos últimos dois anos. Gussem foi o único candidato inscrito na eleição realizada nesta segunda-feira (03) destinada à formação da lista tríplice para o cargo de procurador-geral de Justiça no biênio 2019/2021. Votaram 804 promotores e procuradores de Justiça, dos 893 membros ativos habilitados a participar do sufrágio. Foram computados 21 votos brancos (2,61%) e 33 votos nulos (4,1%). 

Os números registram um aumento em relação à eleição de dezembro de 2016, quando Gussem foi eleito para o biênio 2017/2019, com 438 votos (41,51% do total). Na ocasião, os procuradores Antônio José Campos Moreira e Claudio Henrique da Cruz Viana registraram 274 e 343 votos, respectivamente. Naquele pleito, votaram 877 promotores e procuradores de Justiça, dos 907 membros ativos. 

Gussem atribuiu o bom desempenho nas urnas de 2018 a um processo de renovação iniciado em 2015. “O resultado, com mais de 93% dos votos válidos, eu credito a um trabalho muito intenso de toda a nossa equipe, e ao momento de renovação do nosso Ministério Público, um processo iniciado em 2015. Gradativamente, estamos ocupando espaços novos, com a revisão da carreira jurídica, que assume um formato diferente, com ênfase não só nos processos, e sim em entregas efetivas. É isso o que a sociedade espera de todos nós. E é assim que o MPRJ, sempre na vanguarda, vai atuar”, avaliou, agradecendo a todos os membros do MPRJ.

Natural de Barra do Pirai, município do Sul Fluminense, Eduardo Gussem tem mais de 25 anos de atuação no MPRJ. Acumulou experiência como promotor de Justiça no interior e na capital. Desde que ingressou na instituição, em 1993, atuou por 15 anos em comarcas de Juízo único, no Tribunal do Júri e em Promotoria de Justiça de Execução Penal. Exerceu, por 11 anos, cargos na administração, sendo coordenador de Movimentação de Primeiro Grau, Secretário-Geral do Ministério Público, presidente da Associação dos Membros do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (Amperj), subprocurador-geral de Administração e subprocurador-geral de Planejamento. Aos 54 anos de idade, Gussem exerce, desde janeiro de 2017, a função de procurador-geral de Justiça do MPRJ.

Últimas de Rio de Janeiro