Operação contra o tráfico de drogas em Itaperuna mira fisiculturista

Yara Silva Wellness foi presa em um condomínio de luxo no Cachambi, na Zona Norte do Rio

Por O Dia

A fisiculturista Yara Wellness seria gerente do tráfico em Itaperuna
A fisiculturista Yara Wellness seria gerente do tráfico em Itaperuna -

Rio - A Polícia Civil realizou, na manhã desta terça-feira, uma operação contra o tráfico de drogas em Itaperuna, no Noroeste Fluminense. Um dos alvos da ação foi a fisiculturista Yara Silva Wellness, presa em um condomínio de luxo no Cachambi, na Zona Norte do Rio. No total, 41 pessoas foram presas, entre as quais 15 já estavam custodiadas.

Galeria de Fotos

Yara Silva Wellness Reprodução Facebook
Yara Silva Wellness Reprodução Facebook
Yara Silva Wellness Reprodução Facebook
Yara é gerente do bando Reprodução Facebook

De acordo com as investigações, a quadrilha alvo da operação dominava os pontos de venda de drogas de Itaperuna com vários contatos na capital. Yara, inclusive, é um dos braços do grupo, atuando como gerente do bando. Ela usaria dinheiro do tráfico para financiar a categoria que disputa no fisiculturismo.

Segundo a Polícia Civil, das 41 pessoas presas, 15 já estavam presos nas unidades prisionais de Bangu e Magé; os outros foram capturados em endereços do município de Itaperuna. Duas pessoas foram presas em flagrante com drogas.

Batizada de Gólgota 2, a operação foi realizada em seis pontos do Noroeste Fluminense, e foi um desdobramento das investigações do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (GAECO) do Ministério Público do Rio de Janeiro (MPRJ), que prenderam 11 pessoas na primeira fase da ação, deflagrada em 2014.

Últimas de Rio de Janeiro