Lapa vai ganhar mobiliário urbano novo

Bairro histórico terá estrutura de 11 metros de largura no dia 10 para valorizar turismo e desenvolvimento local

Por O Dia

Escultura interativa terá elementos que simbolizam o bairro
Escultura interativa terá elementos que simbolizam o bairro -

Rio - Assim como a Praça Mauá que recebeu as esculturas 'Rio Cidade Olímpica' e 'Rio, Eu Te Amo', a Lapa vai ganhar um mobiliário urbano para valorizar um dos principais cartões postais da cidade e promover o desenvolvimento local. A partir do próximo dia 10, moradores e turistas vão poder fotografar a escultura 'RioAmaLapa' que será instalada em frente aos Arcos da Lapa.

O mobiliário terá 2 metros de altura por 11 metros de largura. A peça, de autoria do designer Caio Leitão, tem elementos que simbolizam o bairro, como o bondinho e o samba. A ação foi organizada por uma parceria entre Secretaria de Estado de Cultura, Superintendência do Centro/Prefeitura, Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) e o Polo Novo Rio Antigo, associação que reúne mais de 120 empreendimentos locais na região e arredores. A realização tem patrocínio cultural da Antarctica (Ambev).

Para o presidente do Polo Novo Rio Antigo, Thiago Cesário Alvim, a iniciativa da escultura deve apresentar resultado positivo. "A proposta é marcar o início do verão, atraindo mais visitantes e iniciando um processo de melhorias. A Lapa é vitrine do Rio e esse tipo de ação reforça a relação com a cidade", afirma Thiago.

Valorização

A ação é parte de um plano de valorização do Rio Antigo como destino turístico e cultural no período noturno e também como área para atividades artísticas diurnas e ações de impacto social.

"Realizamos encontros com artistas, produtores, guias de turismo, empresários, moradores e órgãos públicos para entender demandas e elaborar plano estratégico", diz Léo Feijó, idealizador da campanha. O superintendente do Centro, Pablo Mello, apoia a iniciativa e reconhece que há questões de ordenamento urbano para solucionar

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro