Já é 2019! Réveillon leva milhões à Copacabana com show de fogos e luzes

Cariocas e turistas curtem espetáculo de fogos14 minutos, com atrações variadas no palco. Festa segue também em outros bairros

Por O Dia

Cristo ganhou projeção de luzes durante show de fogos
Cristo ganhou projeção de luzes durante show de fogos -

Rio - Cerca de 2,8 milhões de pessoas comemoraram a chegada do Ano Novo nas areias de Copacabana, no mais tradicional Réveillon do país. A festa contou com uma queima de fogos com duração de 14 minutos e diversos shows no palco principal, que tem como atrações principais a funkeira Ludmilla e a bateria da Beija-Flor de Nilópolis. Antes da virada, os cariocas e turistas curtiram shows de Gilberto Gil, Baby do Brasil e a Banda de Ipanema. Durante o show de fogos, o Cristo Redentor foi iluminado com projeções especiais.

A festa, no entanto, teve diversos relatos de violência. Muitos turistas relataram ter tido objetos roubados por grupos de bandidos. Algumas relataram agressões. "Praia de Copacabana está perigosa na altura do Copacabana Palace, muitos grupos roubando pessoas, deixaram um rapaz até sem chinelo", escreveu uma internauta. "Atenção todo mundo que está em Copa nessa virada. Muitos bandidos estão aproveitando pessoas que estão sozinhas ou em dupla para roubar", relatou outro. 

Gilberto Gil cantou clássicos da carreira - Divulgação / Riotur

Show de fogos

Na chegada de 2019, à meia-noite, o céu de Copacabana se iluminou com o espetáculo de fogos, acompanhados por músicas apoteóticas assinadas por João Brasil. Em uma apresentação ainda mais potente, com disparos distribuídos entre bombas de alto, médio e de baixo calibre, artefatos inéditos irão cobrir toda a orla de Copacabana em algo impactante e inédito, que deve durar 14 minutos. Foram utilizados 16, 9 toneladas de explosivos para iluminar o céu durante o Réveillon.

Ao todo, foram 10 balsas com um ajuste técnico de distanciamento de 25 metros entre elas. "Neste conceito, diminuímos o uso de bombas menores, incrementando com novas e inéditas, de diversas polegadas e um grande poder de abertura e duração. O resultado foi uma melhor visualização, com ganho de redução de fumaça e novo impacto visual", diz Marcelo Kokote, da Vision Show, que comanda os fogos pelo segundo ano consecutivo.

Secretaria de Saúde registra, até o momento, 49 atendimentos sem gravidade

Os quatro postos montados pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) na orla de Copacabana para o Réveillon realizaram 49 atendimentos até às 20h desde a abertura, às 17h30. Desses, três pacientes foram transferidos para hospitais da rede de urgência e emergência municipal. A maioria das pessoas queixava-se de mal estar motivado pelo calor.

Copacabana recebeu cerca de R$ 2,5 milhões de turistas - Divulgação / Riotur

A SMS reforça o alerta para que pais ou responsáveis fiquem atentos às crianças, que devem ter pulseira de identificação, além de cópias de identidade e número de telefone de contato para o caso de se perderem. Outras recomendações importantes para quem for ao evento são: moderar no uso de bebidas alcoólicas e tomar cuidado com as condições de preparo e preservação dos alimentos a serem ingeridos.

Para aqueles que fazem uso de medicamento regular, é fundamental não deixar de tomar o remédio. Beber bastante água também é muito importante. É importante se divertir bastante, mas sem se descuidar da saúde.

As comemorações já vêm ocorrendo nas últimas semanas, e tudo indica que vão se estender nos próximos dias. No Cristo Redentor, maior cartão-postal da Cidade do Rio de Janeiro, por exemplo, haverá uma projeção especial, que possibilitará uma visão de rotação da estátua em 180 graus. Com isso, a impressão é que a imagem vai olhar para os bairros que ficam às suas costas. É a primeira vez que este efeito será apresentado.

Para o presidente da Riotur, Marcelo Alves, o Rio de Janeiro já bateu a marca histórica mundial em termos de recepção de turistas em grandes eventos. "Superamos Orlando e Miami. Os números estão aí e comprovam realmente o desejo dos visitantes de virem para o Rio. Muitos já vieram outras vezes. E isso é motivo de comemoração", afirma.

O brilho e o colorido dos fogos da maior festa de passagem do ano do planeta soam como um despertar: é hora de pensar o futuro, com fé e otimismo redobrados. Não é à toa que especialistas em psicologia positiva advertem, que mesmo diante de dificuldades e incertezas, cada um deve ter em mente a velha máxima: há 365 novas chances de sucesso pela frente. Portanto, nada de desânimo.

"Deixe de lado definitivamente ações irrelevantes, que não levam a nada, e o convívio de pessoas pessimistas. Adote atitudes e pensamentos positivos, que atraem alegria, saúde, dinheiro, trabalho e progresso em todos os sentidos. Comece o ano com o pé direito, em alto astral", ensina a psicóloga Olivia Klem Dias, que ajuda pessoas a estabelecerem metas para o reforço da autoestima e conquista do sucesso.

Para João Alexandre Borba, psicólogo e coach, mesmo sabendo que nem tudo, possivelmente, serão flores no caminho, o segredo é brindar a vida todos os dias. "Só o fato de estar vivo, já é uma dádiva. A motivação diária, seja a partir de pequenas coisas, como o calor de um abraço apertado ou um beijo carinhoso, impulsiona o motor da nossa vida, tanto pessoal quanto profissional", garante Borba, alertando para cuidados também com a alimentação saudável e a prática de exercícios físicos. "O bem estar deve ser completo", justifica.

Galeria de Fotos

Gilberto Gil cantou clássicos da carreira Divulgação / Riotur
Copacabana recebeu cerca de R$ 2,5 milhões de turistas Divulgação / Riotur
Baby do Brasil animou o público nas areias de Copacabana Divulgação / Riotur
Cristo ganhou projeção de luzes durante show de fogos Fernando Maia / Riotur

Últimas de Rio de Janeiro