Cemitérios de Duque de Caxias são interditados pela prefeitura

Foram aplicadas multas que totalizam cerca de R$ 1,5 milhão de reais à concessionária, após 23 corpos terem sido encontrados em necrotério de hospital

Por O Dia

Cemitérios de Duque de Caxias são interditados pela Prefeitura
Cemitérios de Duque de Caxias são interditados pela Prefeitura -

Rio - Os cinco cemitérios existentes no município de Duque de Caxias, na Baixada Fluminense, foram interditados nesta segunda-feira pelo prefeito Washington Reis após 23 corpos terem sido encontrados no necrotério do Hospital Municipal Dr. Moacyr Rodrigues do Carmo no último sábado. A prefeitura afirma que a concessionária que os administra "apresenta uma série de outras irregularidades e fraudes constatadas na administração da empresa", como sonegação fiscal.

Devido aos desvios constatados, foram aplicadas multas que totalizam cerca de R$ 1,5 milhão de reais. Além disso, foi cobrado da empresa que regularize o serviço prestado após ter informado aos parentes das vítimas não realizar enterros aos finais de semana. Segundo eles, a concessionária afirmou que só poderia fazer os sepultamentos na terça-feira. O necrotério do hospital municipal não tem mais condições de receber corpos devido à lotação.

De acordo com a administração municipal, foi construído um cemitério público municipal para fornecer enterros gratuitos à população. No entanto, a concessionária entrou com uma liminar na justiça proibindo as atividades do local. A Prefeitura informou que tenta recorrer da decisão para colocá-lo em funcionamento e esvaziar o necrotério da unidade de saúde da cidade.

Galeria de Fotos

Cemitérios de Duque de Caxias são interditados pela Prefeitura Divulgação
Cemitérios de Duque de Caxias são interditados pela Prefeitura Divulgação
Cemitérios de Duque de Caxias são interditados pela Prefeitura Divulgação
Cemitérios de Duque de Caxias são interditados pela Prefeitura Divulgação

Últimas de O Dia na Baixada