Pastor é preso acusado de estuprar sobrinhas

Uma das crianças tinha menos de 6 anos; a outra menos de 15

Por O Dia

Rio - Um pastor foi preso nesta quinta-feira em Magé, na Baixada Fluminense, suspeito de ter estuprado duas de suas sobrinhas. Uma das crianças era menor de 6 anos e a outra, de 15. O suspeito teve a prisão decretada por mandado de prisão preventiva.

As investigações apontem que ele é pastor em uma igreja evangélica no Parque Boneville, na mesma região. Além disso, ele se aproveitava da confiança dos pais das crianças por ser casado com a irmã da mãe delas.

Ainda de acordo com a investigação, os abusos foram cometidos durante anos até serem descobertos pela mãe das vítimas. O caso foi denunciado na 65ª DP (Magé), para onde o pastor também foi encaminhado. Ele responderá por estupro de vulnerável.

Outro caso em Jacarepaguá

Outro suspeito de estupro foi preso na última quarta-feira. Ele tinha um mandado de prisão preventiva em seu nome expedido pela 1ª Vara Criminal da Comarca de Jacarepaguá, na Zona Oeste do Rio.

De acordo com os agentes da Divisão de Capturas (DC) Polinter, o acusado foi capturado no bairro de Guadalupe, na Zona Norte da cidade. Ele não resistiu à prisão e se encontra à disposição da Justiça. O suspeito será encaminhado para o sistema penitenciário.

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro