Bala perdida atinge quarto de idosa em hospital de Niterói

Disparo partiu da Morro Souza Soares, que fica em frente ao Hospital Santa Martha. Ano passado, uma mulher foi atingida no olho por um disparo vindo da comunidade

Por RAFAEL NASCIMENTO

Hospital Santa Martha está localizado no bairro de Santa Rosa, em Niterói
Hospital Santa Martha está localizado no bairro de Santa Rosa, em Niterói -

Rio - Uma bala perdida atingiu um dos quartos do primeiro andar do Hospital Santa Martha, em Niterói, na Região Metropolitana, na tarde deste domingo. O disparo partiu do Morro Souza Soares, que fica em frente à unidade médica. A bala atravessou a janela e acertou a parede onde estava a irmã da aposentada Maria de Fátima Peixoto, de 61 anos, que está internada na unidade há uma semana. Em agosto do ano passado, uma idosa foi atingida no olho por bala perdida no mesmo hospital.

O caso deste domingo ocorreu por volta de 16h14 no quarto 124. Segundo a enfermeira Camilla Neves Medaglia, de 26 anos, que é nora da paciente, a troca de tiros deixou todos em pânico. "Meu marido havia chegado para visitar minha sogra. Alguns minutos depois, começou uma troca de tiros. Ele chegou a me mandar um áudio dizendo que era para eu ter cuidado", lembra. "Cinco minutos depois, ele me manda outra mensagem dizendo que um tiro havia acabado de acertar a parede a poucos metros de onde estava sentada a tia dele", lembra a mulher.

Bala perdida que atingiu a janela do Hospital Santa Martha - Divulgação

O comerciante Pedro Ivo Ferreira, que é filho de Maria de Fátima, disse que no primeiro momento deitou no chão para se proteger dos disparos. "Quando o tiro acertou a janela, me joguei no chão e em seguida fui agachado até a minha mãe, que estava presa ao soro. Coloquei ela no chão e saímos abaixados até o corredor", lembra. Por sorte, nenhuma das três pessoas que estavam no quarto se feriram.

"Foi um susto muito grande. Não se espera que uma bala perdida por acertar um hospital e quase matar uma pessoa", diz Camila. Sobre a unidade médica estar localizada em frente a uma comunidade, a enfermeira é enfática. "O hospital deveria ter janelas blindadas e um cuidado maior com seus pacientes e funcionários. Já aconteceu no ano passado e poderia ter acontecido com a minha sogra".

De acordo com parentes da aposentada, a direção não mandou um representante para saber se a paciente precisava de um suporte. Segundo Camilla, apenas um segurança foi ao local, fotografou e saiu. "Os enfermeiros foram lá e trocaram a minha sogra de quarto. Apenas isso", conta.

Parentes de dona Maria de Fátima deverão registrar um boletim de ocorrência na tarde desta segunda-feira na 77ª DP (Icaraí). O DIA tenta desde cedo contato com o Hospital Santa Martha. Todas as vezes que a reportagem se apresentou a ligação foi encerrada.

Caso que se repete

Em agosto do ano passado, uma mulher de 61 anos foi atingida no rosto por uma bala perdida no terceiro andar da unidade. À época, a idosa estava internada na unidade particular há 18 dias para ser submetida a uma cirurgia de vesícula e naquele dia estava sendo preparada para fazer exames pré-operatórios. Após ser atingida pela bala perdida, a mulher precisou passar por uma cirurgia e perdeu a visão de um olho.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Hospital Santa Martha está localizado no bairro de Santa Rosa, em Niterói Marcio Mercante / Agencia O Dia
Disparou partiu de tiroteio no Morro Souza Soares Marcio Mercante / Agencia O Dia
Bala perdida que atingiu a janela do Hospital Santa Martha e acertou uma das janelas do quarto Divulgação
A bala atravessou a janela e parou na parede do quarto do hospital Foto enviada pelo zap zap do meia hora

Comentários