Traficante acusado de matar fotógrafo em 2010 é preso

Marcio Alexandre de Souza tinha ido à comunidade para fazer imagens do local quando foi morto a tiros

Por O Dia

André Luiz da Silva, preso preventivamente suspeito de matar fotógrafo em 2010
André Luiz da Silva, preso preventivamente suspeito de matar fotógrafo em 2010 -

Rio - Foi preso, na tarde desta quinta-feira, o traficante acusado de matar um fotógrafo do grupo Globo em 2010 no Morro do Tuiuti, em São Cristóvão, Zona Norte da cidade. Marcio Alexandre de Souza tinha ido à comunidade para fazer imagens do local quando foi assassinado. André Luis de Almeida Filho, conhecido como 'Nestor', é suspeito de ter atirado no repórter obedecendo ordens do chefe do tráfico da comunidade.

As investigações apontam que, na época, Élcio Francisco dos Santos, conhecido como 'Élcio do Tuiuti' e chefe do tráfico da região, ordenou a morte do jornalista por pensar que ele fosse informante da polícia. Além de André Luis, informações apontam que Anselmo Gonzaga do Nascimento, conhecido como 'Pastor', e Tiago Nunes da Silva, conhecido como 'Minho', também participaram do crime. Eles têm mandado de prisão em aberto.

De acordo com a polícia, a prisão de 'Nestor' foi feita no Morro do Tuiuti com o auxílio de agentes infiltrados. A corporação informou ainda que houve tentativa de resgate por parte da comunidade, mas sem sucesso. Investigações apontam que, atualmente, André Luis é dono da parte baixa do morro, conhecida como 'Terreirão', além de abastecer comunidades da Baixada Fluminense com drogas. Ele foi conduzido para 62ª DP (Imbariê).

 

Comentários