Alívio para o calorão de 40° nos próximos dias

Segundo o Alerta Rio, a previsão é de que, até segunda-feira, a temperatura caia, pelo menos 10 graus, por conta da chuva que começa no final de semana

Por O Dia

Hugo Gabriel fritou um ovo no Calçadão de Bangu na tarde de ontem
Hugo Gabriel fritou um ovo no Calçadão de Bangu na tarde de ontem -

Rio - O calorão está difícil de aturar. Janeiro foi embora com temperatura na casa dos 40° e fevereiro não será diferente. Mas, pelos próximos dias, pelo menos, o clima pode ficar mais ameno. Segundo o Alerta Rio, a previsão é de que, até segunda-feira, a temperatura caia, pelo menos 10 graus, por conta da chuva que começa no fim de semana.

A Zona Oeste, o lugar mais quente da cidade, registrou nesta quinta sensação térmica de 46°. O forte calor nos bairros da região tem uma explicação simples: a geografia. "Lá nós não temos a brisa marítima atuando, o que torna o local com temperaturas mais elevadas do que em outras regiões da cidade", disse o meteorologista do Inmet, Thiago Sousa.

Representante fiel do calor, Bangu teve nesta quinta uma situação inusitada. O vendedor de verduras, Hugo Gabriel da Silva, de 15 anos, fritou um ovo no calçadão. "Isso é para vocês verem a situação que estamos", brincou ele.

Há quem sofra, mas tem quem fature com as altas temperaturas, como os amigos Luan Cristian de Souza Casemiro, 20, e Maurício Gonçalves Pinto, 18, que vendem garrafas d'água a R$ 1 no Calçadão de Bangu. "Aproveitamos pra tentar lucrar com isso. As pessoas passam na correria de ir trabalhar, estudar, e no meio do caminho estamos nós para tentar dar uma refrescada. Botamos o preço de R$ 1 justamente para vender mais", disse Luan.

Comentários