Comércio na Tijuca amanhece fechado por ordem de traficantes do Borel

Ação foi em represália à morte de um homem, que seria bandido, em confronto com PMs da UPP da comunidade

Por RAFAEL NASCIMENTO

Rio - O comércio na Rua São Miguel, na Tijuca, e no entorno amanheceu fechado na manhã desta sexta-feira. Segundo a polícia, os estabelecimentos não puderam abrir por ordem dos traficantes do Borel em represália à morte de um homem, que seria bandido, ontem na comunidade após confronto entre policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) do Borel e bandidos.

Cerca de dez policiais estavam em um dos acessos à comunidade e confirmaram que o comércio estava fechado desde o final da noite de ontem por ordem do tráfico. Com medo, moradores e comerciantes evitaram falar sobre a ordem dos traficantes.

A Polícia Militar ainda não informou a identidade do morto. De acordo com a corporação, o homem foi socorrido ao Hospital Federal do Andaraí, mas ele não resistiu, e com ele foi apreendida uma pistola calibre 40.

Em nota, a Assessoria de Imprensa da Secretaria de Estado de Polícia Militar informou que, segundo o comando da UPP Borel, o patrulhamento da Unidade e do 6ºBPM (Tijuca) está presente na região do Morro do Borel com atenção voltada ao fechamento de comércio. Equipes estão no local, monitoram a situação e atuam preventivamente para garantir a segurança dos comerciantes e moradores.

 

 

Comentários