Fiscalização revela fraude em postos de gasolina do Recreio

Operação Bomba Limpa foi articulada após denúncias de consumidores e contou com a presença do Procon, da ANTP, da Polícia Militar, da Polícia Civil, da Barreira Fiscal

Por Antonio Puga

Rio,17/07/2019 - Operação Bomba Limpa - Operação Bomba Limpa realizada em postos de gasolina na zona oeste,  Rio de Janeiro.Foto: Armando Paiva/ Agência O Dia  Cidade, Operacao, Gasolina adulterada
Rio,17/07/2019 - Operação Bomba Limpa - Operação Bomba Limpa realizada em postos de gasolina na zona oeste, Rio de Janeiro.Foto: Armando Paiva/ Agência O Dia Cidade, Operacao, Gasolina adulterada -

Rio - Uma força-tarefa da Secretaria Estadual de Governo, fiscaliza postos de gasolina nos bairros do Recreio e da Barra da Tijuca, na Zona Oeste do Rio, em busca de fraudes nas bombas de combustível e irregularidades nas documentações, na manhã deste sábado. A Operação Bomba Limpa, como foi batizada, contou com apoio da ANTT, da Barreira Fiscal, do Procon-RJ, da Polícia Militar e da Polícia Civil.

Em um posto da Petrobras na Avenida Abelardo Bueno, na Barra da Tijuca, agentes encontraram uma bomba de combustíveis com gasolina adulterada, além de terem identificado a ausência do livro de reclamações, do certificado de aprovação, do laudo do Corpo de Bombeiros, de licença ambiental e ainda dos preços expostos nos produtos que são comercializados no posto.  

Ainda nesse posto, um caminhão tanque foi multado por falta de kit de emergências, de documentação regularizada e a presença de pneus carecas.

Outros três postos foram percorridos a partir das denúncias de consumidores.

Galeria de Fotos

Rio,17/07/2019 - Operação Bomba Limpa - Operação Bomba Limpa realizada em postos de gasolina na zona oeste, Rio de Janeiro.Foto: Armando Paiva/ Agência O Dia Cidade, Operacao, Gasolina adulterada Armando Paiva
Rio,17/07/2019 - Operação Bomba Limpa - Operação Bomba Limpa realizada em postos de gasolina na zona oeste, Rio de Janeiro.Foto: Armando Paiva/ Agência O Dia Cidade, Operacao, Gasolina adulterada Armando Paiva / Agência O Dia