Flordelis: celular do pastor Anderson do Carmo foi usado horas após sua morte, diz polícia

Telefone até hoje não foi encontrado. Entretanto, pelo menos 20 celulares dos filhos do casal estão apreendidos e passarão por perícia

Por O Dia

Pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis, foi assassinado em junho deste ano
Pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis, foi assassinado em junho deste ano -
Rio - A Polícia Civil descobriu que o celular do pastor Anderson do Carmo foi usado horas depois dele ser assassinado dentro de casa, em Niterói. O marido da deputada federal Flordelis foi morto durante a madrugada e o aparelho enviou mensagens para grupos de amigos entre 9h e 10h da manhã. O telefone até hoje não foi encontrado.  A descoberta da polícia foi revelada pelo G1 e confirmada pelo DIA.
Na mensagem, o autor se identifica como o filho do pastor, diz que as informações (sobre a morte) são verdadeiras e pede orações. A polícia confirmou que a mensagem foi enviada do aparelho de Anderson ao verificar o telefone de um dos filhos do casal. Pelo menos 20 celulares de filhos estão apreendidos e passarão por perícia.
Mensagem enviada do aparelho do pastor Anderson do Carmo, horas após ele ser assassinado - Reprodução
Após vazamentos de informações sobre o caso, a delegada Bárbara Lomba, titular da Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo, Itaboraí e Maricá (DHNSGI), decidiu colocar a investigação sob sigilo.
Filhos continuam presos em delegacia
Rollemberg alegou que houve um acordo para a transferência de Flávio e Lucas, mas fontes ligadas à DHNSGI dizem que não houve nenhuma tratativa no sentido de tirá-los da carceiragem da especializada. 
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Pastor Anderson do Carmo, marido de Flordelis, foi assassinado em junho deste ano Reprodução
Mensagem enviada do aparelho do pastor Anderson do Carmo, horas após ele ser assassinado Reprodução

Comentários