Problema técnico causa atrasos na SuperVia e irrita passageiros

Falha nos cabos da estação Maracanã é apontada como causa dos atrasos. Na Baixada Fluminense, um corpo foi encontrado na via férrea do ramal Japeri

Por O Dia

Ramais que passam pela estação Maracanã precisam aguardar circulação e enfrentam atrasos
Ramais que passam pela estação Maracanã precisam aguardar circulação e enfrentam atrasos -
Rio - Problemas nos cabos da rede aérea nas proximidades da estação Maracanã causam atrasos para os passageiros da SuperVia, na manhã desta segunda-feira. De acordo com a concessionária, os trens aguardam autorização para circular pelo local. Na Baixada Fluminense, um corpo foi encontrado nesta madrugada, no trecho entre Engenheiro Pedreira e Japeri, mas os intervalos não foram afetados.
Segundo nota da concessionária, um problema identificado às 7h15 na rede aérea causou atraso entre as estações Maracanã e São Cristóvão. Os técnicos trabalham para normalizar a circulação no trecho.

No ramal Japeri, um corpo foi encontrado na via férrea, entre as estações Engenheiro Pedreira e Japeri, às 4h50 desta segunda-feira. Policiais militares do 24°BPM (Queimados) estiveram na estação de Engenheiro Pedreira e isolaram a área para perícia.
O corpo foi removido 11h20 e, de acordo com a SuperVia, a circulação no trecho foi normalizada. Até o momento, não há informações sobre a identificação ou as causas da morte. O caso foi registrado na 63ª DP (Japeri).
Pelas redes sociais, muitos passageiros reclamam de atrasos e SuperVia chegou ao topo do trending topics, a lista dos assuntos mais comentados do Twitter.
  
A estudante de Direito da Uerj, Rebeca Suzano, de 21 anos, estagia no Tribunal de Justiça do Rio e costuma chegar na estação por volta das 11h. Com os problemas na SuperVia, ela aguardou 30 minutos para conseguir pegar o trem.
"Sempre enfrento problemas nesse horário, os atrasos nos intervalos são grandes, a fila na bilheteria é enorme e gera um caos, porque as pessoas não conseguem nem entrar na estação para pegar o trem. Hoje, fiquei 30 minutos esperando", reclamou a jovem.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Ramais que passam pela estação Maracanã precisam aguardar circulação e enfrentam atrasos Reprodução/Twitter
Ramais que passam pela estação Maracanã precisam aguardar circulação e enfrentam atrasos Reprodução/Twitter
A estudante Rebeca Cruz, de 21 anos, esperou 30 minutos para conseguir pegar o trem do ramal Santa Cruz Arquivo Pessoal

Comentários