Primeira reitora da UFRJ toma posse nesta terça

Denise Pires de Carvalho é médica graduada pela UFRJ e tem mestrado e doutorado em ciências biológicas pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho, onde é professora titular. Já foi diretora e vice-diretora do instituto, que integra a universidade fluminense

Por O Dia

Reitora nomeada da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Denise Pires de Carvalho fala durante evento em comemoração aos 201 anos do Museu Nacional
Reitora nomeada da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Denise Pires de Carvalho fala durante evento em comemoração aos 201 anos do Museu Nacional -
Brasília - A médica Denise Pires de Carvalho tomou posse, nesta terça-feira(2), como reitora da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), em cerimônia em Brasília. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), ela é a primeira mulher à frente da instituição.

Denise é médica graduada pela UFRJ e tem mestrado e doutorado em ciências biológicas pelo Instituto de Biofísica Carlos Chagas Filho (IBBCF), onde é professora titular. Já foi diretora e vice-diretora do instituto, que integra a universidade fluminense.

Denise coloca como metas de sua gestão a diminuição da taxa de evasão na universidade, hoje em mais de 50%, e fomentar a criação de startups no ambiente acadêmico.

Startups são pequenas empresas que estão no período inicial de desenvolvimento em condições de alto risco e incerteza. Geralmente são de base tecnológica, desenvolvidas a custos menores e processos ágeis.

Desafios
Para o MEC, os principais desafios que a nova reitora terá durante a gestão serão a reconstrução do Museu Nacional, cujo edifício e acervo foram quase totalmente destruídos por incêndio que ocorreu em setembro do ano passado; a concessão da casa de shows Canecão, no Rio de Janeiro, a questão hospitalar, uma vez que a UFRJ foi a única universidade a não aderir à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh); e o projeto de desenvolvimento do parque tecnológico.

Na cerimônia de posse, o ministro da Educação, Abraham Weintraub, destacou a importância de dar maior autonomia financeira às universidades, o que permite à possibilidade de firmar parcerias com a iniciativa privada.

Criada em 1920, a UFRJ é uma universidade quase centenária e um centro de excelência em pesquisa e ensino tanto no Brasil quanto na América Latina.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários