Ministro da Ciência participa de reunião com secretário do Rio e firma parceira entre as pastas

No encontro, Leonardo Rodrigues, secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio, também solicitou ajuda orçamentária para projetos importantes para o Estado

Por O Dia

Leonardo Rodrigues, Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio, e Marcos Pontes, Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações
Leonardo Rodrigues, Secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio, e Marcos Pontes, Ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações -
Rio - O ministro da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações, Marcos Pontes, participou de uma reunião, nesta sexta-feira, com o secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação do Rio de Janeiro, Leonardo Rodrigues. O encontro aconteceu no Clube da Aeronáutica, no Centro do Rio. Eles conversaram sobre o cenário atual do Brasil, os desafios das pastas e fizeram uma análise prospectiva para os próximos anos.

No encontro, o secretário Leonardo Rodrigues pediu ajuda orçamentária para projetos importantes a serem desenvolvidos no Estado, como a produção de nióbio (elemento metálico capaz de criar aços bastante resistentes) e a produção de grafeno (material tido como o futuro da tecnologia, assim como o diamante e o grafite). Nesse contexto, Marcos Pontes se comprometeu em recuperar o orçamento para a pasta da Ciência, Tecnologia e Inovação e afirmou que se empenhará em promover mais articulações com outros Ministérios.
Marcos Pontes ainda destacou que apoiará a educação científica nas escolas, como forma de despertar nas crianças e jovens o interesse pela ciência e, ainda falou sobre a importância de promover o desenvolvimento sustentável no País trabalhando o conceito de "Redes" para promover um Plano Estratégico Nacional de Inovação. "Temos muito espaço para o desenvolvimento de novas tecnologias e vamos focar na produção de materiais com qualidade. Logicamente, as pesquisas estão inseridas neste processo. Temos muitas reservas e devemos explorar a nossa capacidade produtiva", afirmou o Ministro.

Para o secretário Leonardo Rodrigues, a conversa com Pontes estreitou a relação com a esfera Federal viabilizando um alinhamento maior com o governo. "A Ciência e Tecnologia são estratégicas para o desenvolvimento do nosso País, assim como a Educação. Nós precisamos ter encontros como este para alinhar as diretrizes na nossa área e, assim, recuperar os investimentos e garantir o prestígio e dar retorno à sociedade. A SECTI e as nossas vinculadas estão inseridas neste processo. Novas parcerias e contatos com representantes dos setores públicos e privados extremamente valiosos já estão em andamento", disse.
"Nestes sete primeiros meses de governo, estas parcerias possibilitaram a reabertura de unidades fechadas e a inauguração de novas permitindo a retomada e aceleração da nossa capacidade produtiva no Rio de janeiro. Estamos desenhando um Polo de Inovação Tecnológico que faremos no Estado do Rio de Janeiro mostrando a capacidade de autossuficiência e com capacidade de adquirir identidade em tudo que é produzido", finalizou o secretário.

A reunião entre o Ministro e o Secretário estreitou os canais de comunicação entre as pastas, sinalizando uma interação permanente para os próximos anos do governo Bolsonaro e Witzel. Além do secretário, Leonardo Rodrigues, estiveram presentes à reunião com o Ministro, o chefe de Gabinete da SECTI, Felipe Cavalcanti, o presidente da FAETEC, Romulo Massacesi, o subscretário de Cooperação com o Setor Tecnológico e Inovativo, Filippo Scelza, e assessores diretos da SECTI.

Comentários