Polícia prende suspeito de venda de imóveis que desabaram na Muzema

Ele foi localizado em uma casa em Nova Friburgo

Por

Acusado foi preso em Friburgo
Acusado foi preso em Friburgo -
Rio - Policiais da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco) prenderam, na tarde desta sexta-feira, Renato Siqueira Ribeiro, suspeito de envolvimento na venda de imóveis ilegais que desabaram na comunidade da Muzema, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, em abril deste ano, deixando 24 mortos. Renato estava foragido desde o dia do desabamento e foi localizado em uma casa em Nova Friburgo, na Região Serrana. Ele foi alvo de um mandado de prisão temporária. 
"O suspeito está vindo para delegacia agora, ele acabou de ser preso em Nova Friburgo. É uma prisão fundamental para as investigações em andamento, tanto da Draco, quanto da 16ª DP (Barra da Tijuca)", disse o delegado Gabriel Ferrando, da Draco, ao DIA.
De acordo com a Polícia Civil, Renato mudou de casa "por diversas vezes", após o Disque-Denúncia divulgar o cartaz com sua foto. A polícia ainda acredita, junto ao Ministério Público, que a milícia controla a construção e venda de imóveis na região.
Renato é o segundo preso por envolvimento com as obras. Rafael Gomes da Costa, de 26 anos, foi capturado no dia 18 de maio. José Bezerra de Lima, o Zé do Rolo, também suspeito de envolvimento na venda dos imóveis, teve a prisão decretada no dia 19 de abril, pelo Tribunal de Justiça mas continua foragido. 
A Polícia Civil afirma que os três devem responder por homicídio com dolo eventual, quando assume o risco de matar.

Comentários