Suspeito de matar médica na Barra é preso em Maricá

Crime aconteceu no dia 25 de julho

Por O Dia

Maura Soares, 61, foi morta quando voltava do aniversário da mãe
Maura Soares, 61, foi morta quando voltava do aniversário da mãe -
Rio - Equipes do 12º BPM (Niterói) prederam Guilherme Lopes da Silva, de 21 anos, na tarde desta segunda-feira, em Maricá. Ele é apontado como um dos autores do latrocínio da médica Maura Selvaggi Soares, 61 anos, durante um roubo na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio. O crime aconteceu no dia 25 de julho.
De acordo com a Polícia Militar, o homem foi preso com base em informações repassadas pelo Disque Denúncia (2253- 1177). Guilherme foi encontrado em uma casa na Rua 53, no bairro Itaipuaçu. Os agentes apreenderam um revólver calibre 38 com o suspeito. 
A Polícia realizou um monitoramento na região e localizou Guilherme que tentou fugir. Ele foi conduzido à delegacia da região. 
Guilherme foi preso nesta segunda-feira - Raphael Lima
Relembre o caso
Maura Selvaggi Soares chegava em casa quando bandidos a abordaram, por volta das 22h20, na Rua Einstein, na Barra da Tijuca. Imagens de segurança mostraram que a médica esperava o portão da garagem abrir, quando um homem chegou à janela do carro e disparou contra a mulher.

Galeria de Fotos

Maura Soares, 61, foi morta quando voltava do aniversário da mãe Arquivo Pessoal
Guilherme foi preso nesta segunda-feira Raphael Lima

Comentários