Contrato milionário de locação de veículos para o Degase na mira da Polícia Civil

Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro cumpre oito mandados de busca e apreensão na manhã desta terça-feira no Rio

Por MARIA INEZ MAGALHÃES

Casa de empresário investigado foi alvo da operação na manhã desta terça-feira
Casa de empresário investigado foi alvo da operação na manhã desta terça-feira -
Rio - Um contrato de locação de veículos para o Departamento Geral de Ações Socioeducativas (Degase) no valor de R$ 2 milhões, assinado em 2015, está na mira da Polícia Civil. Na manhã desta terça-feira agentes do Departamento Geral de Combate à Corrupção, ao Crime Organizado e à Lavagem de Dinheiro (DGCOR-LD) estão cumprindo oito mandados de busca e apreensão no Leblon, Zona Sul do Rio, e na Barra e Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste. 
 
 
Os policiais apuram suposta fraude no pregão eletrônico realizado 10 de julho de 2015 e que teve como objeto a contratação de uma empresa especializada no serviço de locação de 25 veículos sem motorista e sem combustível para atender ao Degase pelo período de 12 meses a contar da publicação do contrato. As investigações começaram após informações passadas ao departamento pela Controladoria Geral do Estado no início desse ano.
Em nota, o Degase informou "que será instaurada sindicância pela Corregedoria do Degase para apurar o caso e que o departamento está à disposição e colaborando no que for necessário com as investigações da Polícia Civil". 
Apreensão feita no Leblon!

Galeria de Fotos

Casa de empresário investigado foi alvo da operação na manhã desta terça-feira Polícia Civil / Divulgação
Para o porte de arma, será necessário ter espaço para cautela Reprodução
Agentes da Polícia Civil fizeram buscas no escritório de um contator Polícia Civil / Divulgação

Comentários