Segurança Presente: promessa de acerto de salários

Estado anuncia datas fixas de pagamento a partir de janeiro

Por GUSTAVO RIBEIRO

Secretário assume compromisso
Secretário assume compromisso -

Rio - Os agentes do programa Segurança Presente passarão a receber seus pagamentos em datas pré-definidas em um calendário a partir de janeiro de 2020. Aqueles que fazem parte do quadro fixo do projeto receberão todo décimo dia útil, assim como os servidores. Já o pessoal "de estímulo operacional", contratado extraordinariamente, receberá no mesmo dia que a Polícia Militar paga o Regime Adicional de Serviço aos PMs — esta data é variável.

O cronograma foi anunciado pelo secretário estadual de Governo, Cleiton Rodrigues, após reportagem publicada ontem pelo O DIA que denunciou irregularidades nos pagamentos dos salários. Já houve ocasiões em que equipes do programa levaram dois meses para receber. Até hoje, a folha de pagamento de setembro não foi paga. Rodrigues confirmou a promessa de regularização até sexta-feira.

A criação de um calendário fixo foi antecipada pela Coluna do Servidor, no dia 15, porém as datas ainda não eram conhecidas. O secretário explicou que os atrasos não são causados por problema financeiro, mas por complexidades do processamento da folha. E garantiu que toda a verba para 2020 está garantida.

Segundo o secretário, o problema ocorre porque, a cada ampliação do programa, é preciso criar cargos para os agentes civis e agregar as gratificações especiais. Como a folha do Segurança Presente é uma só para todas as bases, o processo burocrático acaba atrasando a liberação dos pagamentos de todos os participantes. Para viabilizar o calendário, a folha do pessoal fixo ficará separada da equipe de estímulo operacional. Rodrigues também afirmou que até sexta-feira terá a data de pagamento para o próximo mês.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro