Ex-chacrete é presa em flagrante por falsidade ideológica

Dora Raad também responderá por tentativa de estelionato

Por O Dia

Ex-dançarina do Chacrinha possui 14 anotações por crimes
Ex-dançarina do Chacrinha possui 14 anotações por crimes -
Rio - Policiais da 77ª DP (Icaraí) prenderam em flagrante, na tarde desta quarta-feira, a empresária e ex-chacrete Mary de Almeida da Costa Raad, conhecida como Dora Raad, de 60 anos, pelos crimes de falsidade ideológica e tentativa de estelionato. Ela foi presa no interior de uma administradora de imóveis logo após firmar contrato de locação usando o nome falso de Joselina Almeida Duarte.

Segundo os agentes, um funcionário do local desconfiou de Mary e acionou a delegacia após reconhecê-la de uma visita anterior, quando a ex-chacrete se apresentou com outro nome, também diferente. No estabelecimento, ela foi abordada com o documento falso e a cópia do contrato assinado.

Na 77ª DP, foi confirmado que Mary possui 14 anotações por crimes como estelionato, falsidade ideológica, falsificação de documento público, quadrilha ou bando e por manter casas de prostituição, sendo este último um dos delitos mais cometidos pela autora.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários

Últimas de Rio de Janeiro