O adeus a Jorge Fernando

Familiares, amigos, artistas e público em geral se despedem do diretor sob aplausos

Por Gabriel Sobreira

Dona Hilda Rebello, mãe de Jorge Fernando, e Marieta Severo
Dona Hilda Rebello, mãe de Jorge Fernando, e Marieta Severo -

Rio - Sob aplausos e gritos de 'Viva, Jorginho', o público se despediu do diretor Jorge Fernando, 64 anos, que morreu no domingo, vítima de uma parada cardíaca. O corpo foi velado ontem na Sala Marília Pêra, no Teatro Leblon, Zona Sul do Rio e cremado em uma cerimônia íntima para família e amigos. Artistas como Marieta Severo, Xuxa, Claudia Raia, Luciano Huck e Angélica, Walcyr Carrasco, Regina Casé, Nicette Bruno, Rosamaria Murtinho e Elba Ramalho, entre outros, foram prestar as últimas homenagens ao diretor.

"A única coisa que me conforta é pensar que a energia toda dele, que a gente sabe que ele tem, a pessoa que ele era, já não estava mais cabendo naquele corpo. Desde 2016, 2017, que ele teve um AVC, que ele descobriu algumas coisas, estava difícil e a gente sentia que ele não estava feliz naquele corpo", conta Maria Carol Rebello, sobrinha de Jorge Fernando. "A minha avó está devastada. Não tem lei, regra, não tem ordem, ela com 95 anos perder um filho está difícil", completa a atriz em referência à dona Hilda Rebello.

Grande amiga e parceira de cena, Claudia Raia falou da falta que o diretor fará. "Tenho que reaprender a viver. Não me lembro da minha vida sem ele. Desde os meus 17/18 anos, meu diretor, meu norte, meu amigo, confidente, gênio da criação, criatividade, alegria, era um sol, chegava e iluminava tudo em volta dele. O mundo piora muito sem ele. Vamos tentar reaprender a viver. A gente vai tentar reaprender", afirma.

A atriz Marieta Severo relembrou o talento de Jorge Fernando. "Ele era genial, resolvia uma cena muito rapidamente com a intuição. Tinha uma coisa que era a alegria de trabalhar com ele, transformava tudo em diversão, festa, fazia nosso trabalho ser leve, pra cima, essa era a tônica dele no trabalho e na vida. Deixa isso para a gente", reforça.

Jorge Fernando queria retornar aos palcos em 10 de janeiro de 2020 com o espetáculo 'Kaboom'. Ele estaria em cena com Maria Carol e Lucas Domso e se encontravam semanalmente há aproximadamente quatro meses. O texto foi finalizado semana passada. "Certamente um dia vamos montar esse espetáculo para passar sua mensagem! Jorginho, o show não pode parar, a saudade vai ser grande", diz Domso.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Dona Hilda Rebello, mãe de Jorge Fernando, e Marieta Severo Ag. News
Angélica e Luciano Huck Ag. News
Xuxa Ag. News
Velório do diretor e ator Jorge Fernando: fotos e ícones de santos Ag. News

Comentários