Estudante faz professora refém em escola na Zona Norte

Garoto, que não teve a idade revelada pela polícia, se entregou após a chegada da Polícia Militar

Por O Dia

Escola Municipal Clotilde Guimarães, em Ramos, na Zona Norte da cidade
Escola Municipal Clotilde Guimarães, em Ramos, na Zona Norte da cidade -
Rio - Um estudante foi detido após invadir uma escola pública e manter a diretora refém no início da noite desta terça-feira. O caso foi registrado na Escola Municipal Clotilde Guimarães, em Ramos, na Zona Norte da cidade. Inicialmente, a Polícia Militar informou que o jovem utilizou uma arma e uma granada, no entanto, a Secretaria Municipal de Educação (SME) contestou a informação dizendo que o mesmo abordou a diretora com uma faca. 

O garoto, de 24 anos, que não teve a identidade revelada pela polícia, se entregou após a chegada da Polícia Militar. Ele é morador do Complexo da Maré e está matriculado no Programa de Educação de Jovens e Adultos (Peja). Ainda segundo a SME, ele nunca havia apresentado este tipo de comportamento. Ninguém ficou ferido. 
Em nota, a PM reforçou que o estudante entrou armado no local. O caso foi encaminhado para a 21ª DP (Bonsucesso).
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários