Jovem morto em ataque a tiros em Realengo tinha envolvimento com o tráfico

A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) fez diligências na manhã desta quarta-feira no local do crime e ouviu os pais do adolescente de 17 anos. Pais que tem filhos que estudam no colégio de Ketellen, morta por bala perdida, reclamam da violência

Por Anderson Justino

Delegacia de Homicídios fez diligência no local do crime, em Realengo
Delegacia de Homicídios fez diligência no local do crime, em Realengo -
Rio - A Delegacia de Homicídios da Capital (DHC) realizou na manhã desta quarta-feira diligências na praça de Realengo onde ocorreu o ataque a tiros que matou um adolescente e também deixou ferida por bala perdida Ketellen Umbelino, 5 anos, que morreu horas depois no hospital. Davi Gabriel Martins do Nascimento, de 17 anos, tinha envolvimento com o tráfico. 
Os agentes e um delegado buscam testemunhas e câmeras de segurança. Os pais do adolescente morto, que era o alvo dos homens que passaram atirando, foram ouvidos pela especializada. Os familiares não sabem dizer o que teria motivado a morte.
Ketellen, 5 anos, foi vítima de bala perdida após homens em um carro passarem atirando em praça de Realengo. Ela não resistiu e morreu no hospital - Reprodução / Facebook
Pais que tem filhos em escola onde menina estudava reclamam da violência
Na porta onde a menina Ketellen estudava, a Escola Municipal Stella Guerra Duval, o clima é de tristeza. País das crianças reclamam da falta de segurança no região e muitos disseram que estão pensando em tirar seus filhos da unidade educacional.
"É muito triste, era uma criança da idade da minha filha. Podia ser ela. Não sei nem o que pensar. Não sei se deixo ela estudando até o fim do ano ou tiro da escola. Não temos segurança nenhuma no nosso bairro", reclamou a mãe de uma aluna de 5 anos.
A direção da escola lamentou a morte da criança e disse que todos os professores estão muito abalados com o ocorrido.
Escola onde Katellen, de 5 anos, estudava em Realengo. Ela estava a caminho da unidade escolar quando foi baleada - Reprodução vídeo / WhatsApp O DIA
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Delegacia de Homicídios fez diligência no local do crime, em Realengo Gilvan de Souza / Agência O Dia
Escola onde Katellen, de 5 anos, estudava em Realengo. Ela estava a caminho da unidade escolar quando foi baleada Reprodução vídeo / WhatsApp O DIA
A pequena Ketellen estava acompanhada da mãe quando foi baleada Reprodução

Comentários