Linha Amarela indefinida

Por

Terminou ontem o prazo de dez dias dado pelo Tribunal de Contas do Município (TCM) para a Prefeitura do Rio explicar o processo de encampação da Linha Amarela, suspenso pela Justiça em várias decisões. O TCM quer detalhes do processo, principalmente os custos da operação da via. "Continuamos em uma batalha jurídica. Só espero que isso seja rápido. Queremos encampar, é uma hemorragia de dinheiro que estamos perdendo", afirmou ontem o prefeito Marcelo Crivella. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários