Morre adolescente baleada na cabeça em São Gonçalo

Principal suspeito do crime é o companheiro da jovem, um rapaz de 22 anos, que foi preso dentro de um ônibus

Por O Dia

Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo
Hospital Estadual Alberto Torres, em São Gonçalo -
Rio -  A adolescente de 17 anos que foi baleada na cabeça na noite desta segunda-feira, em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio, não resistiu. A vítima estava internada no Hospital Estadual Alberto Torres, no bairro Colubandê, e a morte foi confirmada pelo próprio hospital. O principal suspeito do crime é o companheiro da jovem, um rapaz de 22 anos, que foi preso dentro de um ônibus.
Na segunda-feira, a Polícia Militar informou que foi acionada no fim da noite para uma ocorrência envolvendo uma mulher baleada no bairro Arsenal. Os pais da jovem contaram à polícia que o crime foi motivado por ciúmes pelo companheiro da menina. O casal morava junto há pelo menos dois anos e tinha um filho. Após a prisão, o homem, que não teve a identidade revelada, teria tido um surto e destruiu a delegacia. Ele acabou sendo mobilizado pelos agentes e encaminhado para um hospital. 

Comentários