Cabo da Marinha morre após ser vítima de bala perdida em ação policial em Niterói

Klinsman de Araújo Soares estava andando pelo bairro Engenhoca quando houve perseguição policial na região e foi atingido

Por O Dia

Klinsman de Araújo Soares tinha 25 anos
Klinsman de Araújo Soares tinha 25 anos -
Rio - Um cabo da Marinha morreu depois que foi vítima de bala perdida, no fim da tarde desta quarta-feira, em Niterói, na Região Metropolitana do estado. De acordo com testemunhas, Klinsman de Araújo Soares, de 25 anos, estava andando pela Avenida Professor João Brasil, no bairro Engenhoca, quando houve uma perseguição policial na região.
O militar, que também é estudante da UFF desde o ano passado, foi atingido e socorrido no Hospital Azevedo Lima (Heal), no Fonseca. Lá, ele chegou a passar por cirurgia, mas, de acordo com a Secretaria estadual de Saúde, não resistiu aos ferimentos e morreu durante a noite.
Klinsman era conhecido como Yami e estudava Segurança Pública na UFF. O universitário fazia parte da Atlética E-Sports da universidade, que lamentou a morte dele.
"Além de um excelente jogador, ótimo top laner da nossa line-up Tier 2 Blue, perdemos um amigo, companheiro e um admirável ser humano, sempre realizando boas ações e resgatando filhotinhos de gatos abandonados e cuidando com muito zelo", a atlética publicou, em seu perfil nas redes sociais.
O Instituto de Estudos Comparados em Administração de Conflitos da UFF (InEAC/UFF) também se manifestou sobre a morte do estudante.
"Da parte da Universidade se vai um jovem de 25 anos, estudante responsável e dedicado, que nos deixa a todos saudosos e perplexos pelo que ainda está por vir. Ainda mais por que nesta semana outra estudante da comunidade relatou situação análoga, na qual os agentes atuantes no mesmo programa a responsabilizaram por estar na linha de tiro deles", o departamento divulgou.
 

Galeria de Fotos

Klinsman de Araújo Soares tinha 25 anos Arquivo Pessoal
Perseguição aconteceu no fim da tarde desta quarta Reprodução / Internet
Perseguição aconteceu no fim da tarde desta quarta Reprodução / Internet
Perseguição aconteceu no fim da tarde desta quarta Reprodução / Internet

Comentários