Tiro acerta janela de prédio na Tijuca durante comemoração de gol do Flamengo

Estudante estava dentro do quarto quando a bala perfurou o vidro do cômodo

Por *Ana Mello

Prédio na Tijuca teve janela perfurada por um tiro, durante comemoração de um gol do Flamengo pela Libertadores
Prédio na Tijuca teve janela perfurada por um tiro, durante comemoração de um gol do Flamengo pela Libertadores -
Rio - Um tiro disparado durante a comemoração do segundo gol do Flamengo na final da Libertadores acertou a janela de um apartamento na Tijuca, Zona Norte do Rio, na noite deste sábado. O estudante de engenharia Lucas Feitoza, de 24 anos, estava dentro do quarto, no quinto andar do prédio, quando ouviu o barulho e sentiu estilhaços de vidro pelo corpo. A bala perfurou o vidro e por pouco não atingiu o jovem.
"Olhando para a janela percebi esse buraco a mais ou menos um metro acima de onde eu estava. Se fosse um pouco mais baixo, poderia ter pego em mim, mas felizmente não estava na linha do projétil", publicou o universitário em um grupo no Facebook.
O prédio de Lucas fica na Rua do Matoso e, ao O DIA, o jovem afirmou que um vizinho relatou o mesmo problema.
"Falei para quem tava em casa sair de perto da janela e esperamos a euforia das comemorações na rua passar. Depois de um tempo, um vizinho disse que tinha acontecido no vidro dele também", conta.
A menos de 3 km dali, cerca de 40 mil pessoas estavam reunidas para torcer pelo Flamengo, no estádio do Maracanã. "Realmente estamos entregues à sorte, porque não ta fácil ser carioca", finalizou o jovem.
*Estagiária sob supervisão de Thiago Antunes

Comentários