Operação na Maré termina com dois mortos e três presos

Por conta da operação, segundo informações da Secretaria de Saúde, cinco unidades de saúde da comunidade foram fechadas por conta do tiroteio

Por O Dia

Policiais apreenderam 26 tabletes de maconha prensada
Policiais apreenderam 26 tabletes de maconha prensada -
Rio - A Operação da Polícia Militar para reprimir o crime organizado no Complexo de Comunidades da Maré, na Zona Norte do Rio, terminou com dois suspeitos mortos e outros três presos. A ação foi realizada por unidades do Comando de Operações Especiais (COE) – Batalhão de Ações com Cães, do Batalhão de Operações Policiais Especiais (BOPE), do Batalhão de Polícia de Choque (BPChq) e do Grupamento Aeromóvel (GAM).
Segundo a Polícia Militar, durante as incursões, criminosos armados atiraram contra os policiais na Comunidade Vila do João e houve confronto. Um suspeito foi atingido e socorrido ao Hospital Federal de Bonsucesso, onde não resistiu aos ferimentos, com ele foi apreendida uma pistola, um rádio comunicador e quatro cadernos de anotações do tráfico.
Na comunidade da Baixa do Sapateiro também houve confronto. Um segundo suspeito foi atingido e também foi socorrido ao Hospital Federal de Bonsucesso, onde também não resistiu. Com ele foram apreendidos uma pistola e cinco rádio comunicadores. Outros três criminosos com mandados de prisão em aberto foram presos durante as ações.
Por conta da operação, segundo informações da Secretaria de Saúde, cinco unidades de saúde da comunidade foram fechadas por conta do tiroteio: Clínica da Família Adib Jatene, Clínica da Família Diniz Batista, Clínica da Jeremias Moraes, Centro Municipal de Saúde Vila do João e Centro Municipal de Saúde Augusto Boal.
Na ação, foram apreendidos um fuzil, duas pistolas, 20 munições, seis cadernos de anotações do tráfico, sete rádios comunicadores com 03 baterias sobressalentes, um carregador contendo dez munições, sete bases de rádio, um coldre, dois porta carregadores, uma capa de Colete e 26 tabletes de maconha.

Comentários