Policiais prendem homem suspeito de quebrar o fêmur do filho de onze meses

Claudinei irá responder pelo crime de tortura

Por O Dia

Bebê teve fêmur fraturado
Bebê teve fêmur fraturado -
Rio - O pai de um bebê de 11 meses foi preso por agentes da 58ª DP (Posse) por suspeita de quebrar o fêmur do filho durante uma discussão com a companheira. O caso aconteceu no sábado. Claudinei Lourenço Costa da Silva foi indiciado pelo crime de tortura e capturado nesta quarta-feira. 
De acordo com a Polícia Civil, durante a briga com a mulher, Claudinei pisou na perna do bebê e fraturou o osso da criança. O homem ainda tentou esconder as lesões ao trocar a roupa do filho e colocar uma calça comprida. O ato fez com que as lesões se agravassem e retardassem o atendimento à criança que só foi realizado na segunda-feira.
A Prefeitura de Nova Iguaçu informou que o bebê deu entrada na UPA de Austin na última segunda-feira com sinais de agressão na perna e corte no lábio. A fratura no fêmur foi constatada após um exame de raio-x. O menor foi encaminhado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (HGNI) e passou por um procedimento ortopédico. O estado de saúde é estável. A equipe do Serviço Social e o Conselho Tutelar do município acompanham caso.
Segundo a corporação, investigações seguem para apurar a prática de outras agressões contra a criança.

Homem foi preso nesta quarta-feira - Divulgação/Polícia Civil

Galeria de Fotos

Homem foi preso nesta quarta-feira Divulgação/Polícia Civil
Bebê teve fêmur fraturado PolíciaCivil/ Divulgação

Comentários