PM lança aplicativo para comunicar situações de emergência

Ferramenta permite que usuários peçam socorro à familiares e amigos além da corporação

Por O Dia

Com aplicativo, resposta a chamadas de emergência cai de 14 minutos para 45 segundos, em média
Com aplicativo, resposta a chamadas de emergência cai de 14 minutos para 45 segundos, em média -
Rio - A Polícia Militar do Rio de Janeiro lançou nesta quinta-feira o aplicativo Linha Direta. O objetivo é estabelecer um novo canal de contato com a PM. A ferramenta ainda está em caráter experimental e irá funcionar em conjunto com o 190. 
De acordo com a Secretaria de Segurança do Estado, o usuário cadastrado no aplicativo poderá apertar um botão e gravar um áudio de até 15 segundos para narrar a situação de emergência. Com isso, a polícia será notificada por meio do 190 para prestar socorro.
O Linha Direta vai entrar em funcionamento, inicialmente, nas áreas do 15ºBPM (Duque de Caxias) e do 41º BPM (Irajá), mas a previsão é que seja expandido. Uma ferramenta que faz parte do aplicativo é a do usuário poder indicar amigos, parentes e vizinhos para que também possam receber a comunicação de emergência e prestar o primeiro socorro.

O aplicativo está disponível para Android e iOS e pode ser baixado de forma gratuita. Leonardo Gandelman, responsável pela criação do app, disse que, para segurança do cidadão, o aplicativo fecha de forma automática no telefone celular imediatamente depois de enviar a mensagem de perigo, sem deixar rastros, evitando que o agressor descubra o chamado.

Para usar o app, o usuário precisa cadastrar o endereço de sua moradia ou local de trabalho, o que reduz os trotes a quase zero, uma vez que a PM pode rastrear o telefone pelo qual foi feita a comunicação.

Como os vizinhos e parentes também recebem o pedido de ajuda, o tempo médio de atendimento das ocorrências caiu, nos testes já realizados, de 14 minutos para 45 segundos, o que muitas vezes pode evitar um crime. No app, o cidadão pode indicar se vai notificar a PM ou apenas as pessoas próximas. Em média, 70% das comunicações foram feitas para pessoas conhecidas e não para o 190.
A Polícia Militar divulgou um vídeo para explicar como utilizar o aplicativo. Entenda como funciona:
https://www.youtube.com/watch?v=SHHZcV_vLhU&feature=youtu.b


Galeria de Fotos

Com aplicativo, resposta a chamadas de emergência cai de 14 minutos para 45 segundos, em média Polícia Militar/Divulgação
Aplicativo Linha Direta é lançado em caráter experimental Divulgação/Polícia Militar

Comentários