Vida nova após o reencontro com a filha

Por

A comerciante Neli Adriana da Silva lembra em detalhes dos cinco meses em que buscou a filha adolescente desaparecida.

O reencontro ocorreu após uma pessoa ligar para a Fundação para a Infância e Adolescência (FIA) ao ver a foto da jovem em uma reportagem.

"Ela fugiu de casa e foi morar na rua. Nós a encontramos em Honório Gurgel. Desde então, fiz várias mudanças na minha vida pelo bem-estar da minha família", conta.

Atualmente, Neli integra o Movimento Mães Virtuosas do Brasil, que faz uma vez por mês a divulgação dos desaparecidos na Câmara dos Vereadores.

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários