Padeiro é preso por estuprar a própria filha de 10 anos

Crime aconteceu pelo menos duas vezes, na casa da vítima

Por RAI AQUINO

Homem foi preso preso por policiais da delegacia de Posse
Homem foi preso preso por policiais da delegacia de Posse -
Rio - Policiais civis da 58ª DP (Posse) prenderam, nesta segunda-feira, um homem suspeito de estuprar a própria filha de 10 anos, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. De acordo com o delegado Gustavo de Mello Castro, o homem, que é padeiro, cometeu o crime pelo menos duas vezes, na casa da vítima.
"Ele confessou o crime e disse que o praticava quando ficava sozinho com a menina", relata o titular da 58ª DP, dizendo que a denúncia do estupro foi feita pelos familiares em julho do ano passado, mas o mandado de prisão contra ele só foi expedido pela Justiça no último dia 29.
O homem foi preso na padaria que trabalha, no bairro de Miguel Couto. O mandado contra ele foi de prisão preventiva e foi da 2ª Vara Criminal de Nova Iguaçu.
O padeiro, que tem outra filha, vai responder pelo crime de estupro de vulnerável. Se for condenado, pode ser pegar de 8 a 15 anos de prisão.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários