Falso padre é preso acusado de aplicar golpe de estelionato

Luiz França de Lima, de 25 anos, morou dois anos na casa das vítimas para desfazer o casamento da filha delas

Por O Dia

Luiz França de Lima se passou por padre para aplicar golpe em casal
Luiz França de Lima se passou por padre para aplicar golpe em casal -
Rio - Um homem que se passava por padre foi preso nesta terça-feira, acusado de aplicar um golpe de mais de 100 mil reais em um casal. Identificado como Luiz França de Lima, de 25 anos, o falso sacerdote morou durante dois anos na casa das vítimas com a desculpa de desfazer o casamento da filha delas.
De acordo com a 48ª DP (Seropédica), o estelionatário alegava ser doutor em filosofia e também dizia ter passado em um concurso público para dar aulas em uma universidade federal do Rio. As vítimas só desconfiaram de Luiz França após a demora na realização do procedimento de nulidade do casamento e acionaram a polícia.
Enquanto morava com as vítimas, o falso padre pediu dinheiro para cobrir custos de viagens e serviços que seriam para resolver o casamento. Ele também é acusado de ter furtado um celular da casa. Na delegacia, ele foi indiciado pelos crimes de estelionato, furto qualificado e falsidade ideológica.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Luiz França de Lima se passou por padre para aplicar golpe em casal Divulgação/PCERJ
Luiz França de Lima se passou por padre para aplicar golpe em casal Divulgação/PCERJ
Luiz França de Lima se passou por padre para aplicar golpe em casal Divulgação/PCERJ
Luiz França de Lima se passou por padre para aplicar golpe em casal Divulgação/PCERJ
Luiz França de Lima se passou por padre para aplicar golpe em casal Divulgação/PCERJ

Comentários