Grafiteiro homenageia sequestrado em bar na Lapa

Airá O Crespo pintou a imagem do refém libertado com garrafa de cerveja na mão

Por Luana Dandara

Airá O Crespo é grafiteiro há 20 anos e explica sua arte:
Airá O Crespo é grafiteiro há 20 anos e explica sua arte: "Veia carioca" -

Rio - Quase uma semana depois do sequestro de sete pessoas em um bar na Lapa, a icônica imagem do refém sendo libertado com uma garrafa de cerveja virou grafite na Rua Taylor, também na Lapa. O responsável pela arte é o grafiteiro Airá O Crespo, de 37 anos. Na imagem, ele desenhou o refém com uma camiseta do Flamengo e escreveu "O Rio é um refém carregando um litrão de cerveja".

"Meu objetivo é que as pessoas reflitam sobre os absurdos que a gente vive no dia a dia. Nossa cidade está abandonada. Coloquei a camisa do Flamengo pela identificação com o carioca", explicou Airá, que fez o grafite na terça-feira. "Quis colocar essa veia carioca descontraída, irônica e irreverente, mas ao mesmo tempo perspicaz. Gosto de brincar com a dualidade. Esse é o retrato de como encaramos os problemas cotidianos", acrescentou o artista, que também é MC e produtor cultural.

Airá O Crespo, inclusive, conhece o sequestrador Danilo Macedo, pois mora em Santa Teresa e frequenta muito a Lapa. "Fiquei sensibilizado com a história, conheço o Danilo há anos. É uma pena", contou o grafiteiro, que trabalha com arte há 20 anos e tem obras em exposição permanente no Museu do Folclore e Museu Histórico Nacional.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Imagem de refém sendo libertado com garrafa de cerveja vira grafite no Rio Arquivo pessoal
Airá O Crespo é grafiteiro há 20 anos e explica sua arte: "Veia carioca" Reprodução DO Instagram

Comentários