Animais vítimas de maus-tratos são resgatados em Piedade, Zona Norte

Um deles vai ter o olho esquerdo retirado, por estar em avançado estado de infecção

Por O Dia

Animais vítimas de maus-tratos em casa localizada no bairro Piedade, na Zona Norte
Animais vítimas de maus-tratos em casa localizada no bairro Piedade, na Zona Norte -
Rio - Animais vítimas de maus-tratos foram resgatados nesta quarta-feira no bairro Piedade, na Zona Norte da cidade. De acordo com a assessoria do presidente da comissão de defesa dos animais, Luiz Carlos Ramos filho (Podemos), foram encontrados seis cães e sete gatos no local, todos desidratados e debilitados. As denúncias foram feitas por vizinhos.
"Os vizinhos contaram que vários animais já morreram dentro dessa casa dos horrores. Sabe-se lá o que foi feito dos cadáveres dos animais”, diz Ramos filho. A primeira coisa é levantar se eles possuem alvará ou se funcionam clandestinamente. Essas pessoas precisam responder por crime contra a saúde pública. Imagine comer um yakisoba feito numa casa com essas condições precárias de higiene”, questiona Ramos filho.
Como no local também eram produzidos alimentos que seriam consumidos em restaurantes, o vereador disse não descartar que algum dos bichos tenha sido utilizado na preparação das refeições. Procurada, a Polícia Civil não confirmou a utilização dos animais no preparo de comidas. 
Ainda de acordo com a assessoria, o vereador acionou a vigilância sanitária do município, para checar o estado da cozinha e a qualidade dos alimentos produzidos no local.
Os animais serão levados para o abrigo da Fazenda Modelo, onde vão ser medicados e chipados. Segundo o veterinário Mileno Lagrotq, um deles vai ter o olho esquerdo retirado, por estar em avançado estado de infecção. Depois de tratados, os animais serão castrados.
Agentes disseram que os responsáveis pelo local foram identificados e vão responder criminalmente. 

Galeria de Fotos

Animais vítimas de maus-tratos em Piedade Comissão de Defesa dos Animais da Câmara de Vereadores do Rio / Divulgação
Animais ficavam com o focinho amarrado com cordas Comissão de Defesa dos Animais da Câmara de Vereadores do Rio / Divulgação
um deles vai ter o olho esquerdo retirado, por estar em avançado estado de infecção Comissão de Defesa dos Animais da Câmara de Vereadores do Rio / Divulgação
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários