Feira na Barra promove inclusão

Evento patrocinado pelo Sesc para pessoas com deficiência vai até este domingo no Parque Olímpico

Por O Dia

A modelo Maju Araújo: desfiles para valorização da autoestima
A modelo Maju Araújo: desfiles para valorização da autoestima -

Rio - A 3ª edição do evento 'Sesc — Cidade da Inclusão' vai até amanhã com uma série de serviços e atrações para pessoas com deficiência (PCD), no Parque Olímpico, na Barra da Tijuca. Durante a feira, com entrada gratuita, os visitantes poderão cadastrar currículo para mais de sete mil vagas de trabalho voltadas a PCDs.

"As vagas são diversificadas para todos os perfis e contemplam pessoas com deficiência física e mental. Temos estandes de cinco grandes empresas, como McDonald's e Restaurante Madero, e de agências de recrutamento especializadas, como a Imparh", diz Denis Deli Alves, um dos idealizadores do evento.

Segundo ele, as duas últimas edições da feira, em 2017 e 2018, contabilizaram cerca de dois mil encaminhamentos de candidatos para empresas. "Este foi o número de pessoas chamadas para etapas do recrutamento, após o preenchimento de cadastro nos balcões das empresas na feira, como a entrevista de emprego", explica.

Além da oferta de vagas, o evento terá mais de 50 estandes de fabricantes de produtos para reabilitação e auxílio de mobilidade no dia a dia. O destaque deste ano é a bengala inteligente, que consegue detectar a presença de obstáculos na altura do peito e da cabeça. Conectado ao smartphone, via bluetooth, o equipamento é capaz de levar o usuário a endereços determinados em aplicativos de localização como o Google Maps.

O pequeno Henrique Tavares, de 10 anos, testou ontem a bengala no primeiro dia da feira. Ele perdeu a visão aos 4 anos de idade, após uma cirurgia para combater um tumor no cérebro. "Gostei muito. Ela treme quando estou chegando perto de algum obstáculo, que é identificado até mesmo se estiver no alto", comentou Henrique.

Outra novidade que está sendo comercializada na feira são os óculos inteligentes, que permitem a leitura de livros ao transpor automaticamente o conteúdo em texto para áudio. O equipamento possibilita, ainda, o reconhecimento facial de pessoas.

O evento tem a participação de montadoras, que comercializam carros adaptados com até 30% de desconto, como prevê a lei federal nº 8.989, de 1995.

De concursos de beleza a esportes

A programação da feira 'Sesc — Cidade da Inclusão' conta com ações para a valorização da autoestima. Hoje, às 18h, haverá o primeiro concurso Miss e Mister Down. Quem abrirá os desfiles na passarela será a modelo Maju Araújo, de 17 anos. "O concurso mostra que a beleza humana é diversa, plural e colorida. Além disso, concursos como esse nos ajudam a conquistar espaços que são nossos por direito", diz Maju.
 
Amanhã, às 17h, será a vez do concurso Miss Cadeirante na Ilha da Fantasia. O esporte também marca presença na programação, com a prática de modalidades como basquete e futebol em cadeira de rodas.
 
O evento acontece na Arena 2 do Parque Olímpico. Há estacionamento gratuito no local. Informações e credenciamento no site www.universodainclusao.com.br

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários