Enem: após falha nas correções das provas, Sisu vai até domingo

Servidores dizem que falhas poderiam ter sido identificadas antes da divulgação das notas

Por O Dia

Estudantes fazem segundo dia de provas do Enem, na Uerj
Estudantes fazem segundo dia de provas do Enem, na Uerj -

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, afirmou, ontem, que a falha de correção do Enem atingiu 6 mil provas e reforçou que o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) abre hoje, mas o prazo para inscrição será prorrogado por dois dias, até domingo.

Servidores do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) disseram ter encontrado mais de um tipo de falha na correção. Inicialmente, o governo disse que o problema ocorreu por erro nos cartões de resposta e da respectiva cor das provas: o aluno fez a prova de uma cor, mas a nota foi corrigida como se fosse de outra.

Mas segundo servidores também houve problema com cartão de respostas reserva. Eles afirmam que as falhas poderiam ter sido identificadas antes da divulgação das notas.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários