Fiéis fazem procissão pelo padroeiro do Rio

Principal pedido a São Sebastião foi por mais segurança para a cidade do Rio

Por

Devotos a São Sebastião chegam em procissão à Catedral do Rio
Devotos a São Sebastião chegam em procissão à Catedral do Rio -

Mais segurança para a cidade. Esse foi o principal desejo que levou, nesta segunda-feira, fiéis ao Santuário Basílica de São Sebastião (Igreja dos Capuchinhos), na Tijuca, no dia do padroeiro do Rio.

Após a missa realizada com igreja lotada, os devotos partiram, por volta das 16h, em uma grande procissão rumo à Catedral Metropolitana, na Avenida Chile, no Centro da Cidade.

Gisele Mattos, de 60 anos, não pensou duas vezes ao revelar seu desejo ao santo: "Vim pedir ao nosso padroeiro um pouco mais de paz para a nossa cidade, que anda tão violenta".

Já Maria José Corrêa, de 85 anos, contou que não é devota de São Sebastião, mas que fez questão de participar da procissão. "Eu sou devota de São Jorge, mas por ser o santo do Rio, resolvi vir".

Devido ao sincretismo religioso, a data a São Sebastião também é comemorada pelos fiéis de religiões de matriz africana no Rio, em homenagem a Oxóssi. Assim como São Sebastião, o orixá tem a flecha como um de seus símbolos, e seus fiéis o consideram o rei das matas, das caças e da fartura.

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários