Vandalismo prejudica até 29 mil passageiros por dia do BRT

Sistema registrou 24 ônibus quebrados em 12h, entre a noite de quarta e a manhã de quinta-feira

Por Anderson Justino

Ônibus articulado do sistema BRT teve o vidro quebrado
Ônibus articulado do sistema BRT teve o vidro quebrado -

Em um período de 12 horas, entre a noite de quinta-feira e a amanhã de ontem, a concessionária do BRT registrou 24 ônibus articulados depredados. Os atos de vandalismo ocorreram nos três corredores: Transoeste, Transcarioca e Transolímpica.

Segundo a empresa, esses ônibus fora de circulação afetam cerca de 29 mil passageiros por dia. E acrescentou, em nota: "Se a gente levar em consideração que um articulado carrega em média 180 pessoas e faz também em média 7 viagens por dia, são mais de 1.200 pessoas que vão lotar outros ônibus, a cada dia que esse articulado estiver na garagem em manutenção".

Ao longo de 2019, foram 153 veículos depredados e levados para o depósito. "Uma porta danificada pode tirar um ônibus de circulação por um dia, se for um vidro quebrado, por exemplo; ou até cinco dias, se for afetado o mecanismo. Em alguns casos mais sérios, quando a forração interna do carro (teto ou laterais internas) é estragada e não há peças na distribuidora, é necessário fazer um pedido especial para a fábrica e a reposição pode demorar até um mês".

 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários