Vídeo: Motoboy é agredido por policiais do Segurança Presente

Jovem teve a mochila de trabalho quebrada durante a ação dos agentes

Por Jenifer Alves*

Jovem foi agredido enquanto trabalhava
Jovem foi agredido enquanto trabalhava -
Rio - Um motoboy foi agredido e teve a mochila de trabalho quebrada, durante uma abordagem de policiais do programa Segurança Presente, na Tijuca, na Zona Norte do Rio. O rapaz, Hiago Christan, de 26 anos, seguia próximo à rua Barão de Mesquita, na quarta-feira, quando foi parado pelos agentes. 
Nas imagens é possível ver o rapaz já no chão enquanto dois policiais o agridem. Outros dois agentes seguem olhando para a ação sem intervir. Todos estão fardados e um deles não usa o colete do programa enquanto chuta o rapaz. 
Segundo Hiago, os agentes não pediram documentos ou perguntaram o nome dele antes de começarem com as agressões. "Enquanto eu ainda estava na moto puxaram minha camisa e eu quase caí. Quando eu encostei na calçada e tirei a mochila, eles me deram uma rasteira, eu caí no chão e começaram a me chutar nas costas e na perna", conta.
Depois dos chutes que recebeu enquanto estava no chão, o rapaz é levantado e encostado em um muro. No vídeo é possível ver que um dos agentes continua com os golpes enquanto Hiago permanece sem se defender. O rapaz explica que os outros dois policiais, que não participaram da agressão, pediram para que ele não denunciasse o caso.
"Dois deles falaram para eu não seguir em frente porque eles não participaram das agressões, eu respondi que eles estavam juntos e nem tentaram se meter, aí falaram que poderia prejudicar os outros agentes que não fizeram nada. Eu disse que foi um absurdo, um constrangimento", desabafou ao DIA.
Depois da ação dos policiais, testemunhas procuraram o rapaz e encaminharam as imagens da agressão para Hiago. O caso foi registrado na 19ª DP (Tijuca).
Em nota, a assessoria do programa Segurança Presente informou que "um dos pilares da Operação Segurança Presente é a abordagem cidadã. Os agentes são capacitados para tratar os cidadãos de forma que sejam respeitados os limites da lei. No caso citado, há uma apuração em curso na 19ª DP (Tijuca). A coordenação da Operação Segurança Presente também já está apurando a conduta dos agentes".

*Estagiária sob supervisão de Thiago Antunes
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários