"Quero que Maria tenha orgulho de mim", diz Alcione

Por

Presença assídua nos desfiles da Verde e Rosa, Alcione conta que recebeu como um presente o convite do carnavalesco Leandro Vieira para representar Maria, mãe de Jesus. "Embora eu seja umbandista, sou muito devota de Nossa Senhora e me senti honrada. Será linda essa passagem. A Mangueira vai fazer história".

As longas e ousadas unhas, marca registrada da Marrom, serão cortadas especialmente para a apresentação.

"Vou desfilar como manda o figurino, respeito o Sagrado. Quero que Maria tenha orgulho de mim. Vou cortar e pintar de cor clarinha", afirma a cantora, que rasga elogios ao carnavalesco da Mangueira. "Ele tem um pensamento parecido com o de Jesus. O mangueirense está consciente de quem vai representar na Avenida", acredita Alcione.

Já o ator Humberto Carrão, um dos intérpretes de Jesus no desfile, virá na segunda alegoria, que trata do Templo de Jerusalém.

"Meus últimos carnavais têm mostrado que escola de samba é coisa séria. O que quero levar para a Sapucaí em 2020 é muito mais que um Jesus na festa. É um enredo biográfico, mas com uma nova interpretação", finaliza o carnavalesco Leandro Vieira. 

Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários