Detergente faz Cedae interromper funcionamento da Estação Guandu

De acordo com a empresa, o material foi arrastado pelas fortes chuvas registradas na Região Metropolitana do Rio

Por O Dia

Estação do Rio Guandu: Conselho Regional de Química não recebeu resultados das análises
Estação do Rio Guandu: Conselho Regional de Química não recebeu resultados das análises -
Rio - A Cedae identificou, no fim da tarde desta segunda-feira, por meio de análise laboratorial, a presença de detergentes na água bruta que chega à Estação de Tratamento de Água (ETA) Guandu. Para garantir a segurança hídrica das regiões atendidas pelo sistema Guandu, a diretoria de Saneamento e Grande Produção da empresa decidiu fechar as comportas da entrada do canal principal da estação.
De acordo com a companhia, o material foi arrastado pelas fortes chuvas registradas na Região Metropolitana do Rio desde a noite do último domingo . A Agência Reguladora de Energia e Saneamento Básico do Estado do Rio de Janeiro (Agenersa) e o Instituto Estadual do Ambiente (Inea) já foram informados do fato para iniciarem os procedimentos.
A Cedae informa ainda que é cedo para saber se o problema vai afetar o fornecimento de água. Técnicos permanecerão monitorando a captação de água até que a concentração destas substâncias não represente risco à operação da estação.
Problemas com a água desde janeiro
Desde o começo do ano o Rio de Janeiro vem sofrendo com os problemas na água. No início de janeiro, moradores de 11 bairros da cidade reclamaram que a substância estava barrenta e com cheiro ruim. Depois da reclamação, a Cedae informou que técnicos da companhia detectaram a presença da substância Geosmina (substância orgânica produzida por algas), e que não representa nenhum risco à saúde dos consumidores. Desta forma, “a água fornecida pode ser consumida pela população”. 
Já na metade do mês, a companhia informou que utilizaria carvão ativado pulverizado no tratamento da água distribuída pelo Reservatório do Guandu a grande parte da população do Rio de Janeiro e que o produto vai resolver o problema do cheiro e do gosto de terra causado pela geosmina.  
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários