Duas jovens desaparecem na Praia de São Conrado

Maria Luíza Santos, 18 anos, e Laís Andrade, 17 anos, não retornaram do mar após um mergulho

Por O Dia

Praia de São Conrado
Praia de São Conrado -
Rio - Duas jovens desapareceram no início da noite desta quinta-feira, na Praia de São Conrado, Zona Sul do Rio. Maria Luíza Santos, 18 anos, e Laís Gomes, 17 anos, não retornaram após um mergulho. De acordo com testemunhas, a dupla foi arrastada pela correnteza. 
Segundo o Corpo de Bombeiros, a corporação foi acionada para a ocorrência e iniciou as buscas, por volta das 19h. As equipes foram informadas que as jovens teriam entrado no mar na altura da pista de voo livre e foram arrastadas em direção às pedras pela correnteza. Familiares relataram que as duas não sabiam nadar.
O patrulhamento marítimo seguiu até às 21h. Nesta manhã, o Grupamento Marítimo retornou as buscas. 
Ainda de acordo com as testemunhas, não havia salva-vidas na praia. Em nota, o Corpo de Bombeiros informou que os postos de salvamento são ativados pela manhã até o pôr do sol e destacou que não recomenda banhos noturnos. "A corporação se solidariza com familiares e amigos das vítimas", disse. 
Abaixo, seguem algumas dicas do Corpo de Bombeiros para evitar afogamentos:

- Procurar sempre os locais onde exista um posto de guarda-vidas;

- Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização;

- Perguntar sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para tomar o banho de mar;

- Não ingerir bebidas alcoólicas e entrar no mar;

- Evitar entrar no mar logo após se alimentar;

- Não entrar no mar após longa exposição ao sol, sem antes adaptar seu organismo à temperatura da água;

- Não desviar a atenção um só instante das crianças. Vale identificá-las com nome e telefone para contato; não deixá-las sozinhas; não confiar nas boias e não superestimar a capacidade de nadar dos pequenos;

- Caso saiba e pretenda nadar, a orientação é praticar a atividade paralelamente à areia;

- Evitar locais que são conhecidos como points de surfistas. Desta forma, previnem-se acidentes com pranchas.Abaixo, seguem algumas dicas do Corpo de Bombeiros RJ para evitar afogamentos:

- Procurar sempre os locais onde exista um posto de guarda-vidas;

- Respeitar as placas e/ou bandeiras de sinalização;

- Perguntar sempre ao guarda-vidas qual o local mais apropriado para tomar o banho de mar;

- Não ingerir bebidas alcoólicas e entrar no mar;

- Evitar entrar no mar logo após se alimentar;

- Não entrar no mar após longa exposição ao sol, sem antes adaptar seu organismo à temperatura da água;

- Não desviar a atenção um só instante das crianças. Vale identificá-las com nome e telefone para contato; não deixá-las sozinhas; não confiar nas boias e não superestimar a capacidade de nadar dos pequenos;

- Caso saiba e pretenda nadar, a orientação é praticar a atividade paralelamente à areia;

- Evitar locais que são conhecidos como points de surfistas. Desta forma, previnem-se acidentes com pranchas.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Comentários