Operação prende casal acusado de matar taxista em São José do Vale do Rio Preto

Vítima foi morta e o corpo foi carbonizado

Por O Dia

Delegacia do São José do Vale do Rio Preto realizou as investigações em conjunto com a DHBF
Delegacia do São José do Vale do Rio Preto realizou as investigações em conjunto com a DHBF -
Rio - Um casal foi preso, nesta quinta-feira, apontados como autores do assassinato de um taxista, em São José do Vale do Rio Preto, interior do Rio. A vítima,  Átila Rodrigues de Almeida, de 36 anos de idade, estava desaparecido desde o dia 30 de dezembro. O corpo foi encontrado carbonizado, em Guapimirim, na Baixada Fluminense, no dia 1º de janeiro.
As investigações da 104ª DP (São José do Vale do Rio Preto) tiveram início após o acionamento da unidade para o desaparecimento do taxista. Com base no cruzamento de dados, os policiais tomaram conhecimento de um cadáver encontrado no município de Guapimirim e registrado pela DHBF. O corpo passou a ser investigado como o do taxista desaparecido.
Taxista foi encontrado morto em Guapimirim - Reprodução / Internet
Segundo a Polícia Civil, a partir das informações coletadas, foi possível descobrir que o casal utilizou os serviços da vítima de São José do Vale do Rio Preto para Guapimirim. Os agentes descobriram ainda que o táxi da vítima havia sido apreendido pela delegacia do município, enquanto o homem tentava transferi-lo para o seu nome junto ao Detran. Em depoimento, ele revelou a mulher havia lhe vendido o veículo.
A acusada foi intimada a prestar esclarecimentos e, durante o depoimento, apresentou diversas contradições.
Os agentes passaram as informações para a DHBF, que representou pelas prisões dos investigados.
Uma assinatura que vale muito

Contribua para mantermos um jornalismo profissional, combatendo às fake news e trazendo informações importantes para você formar a sua opinião. Somente com a sua ajuda poderemos continuar produzindo a maior e melhor cobertura sobre tudo o que acontece no nosso Rio de Janeiro.

Assine O Dia

Galeria de Fotos

Delegacia do São José do Vale do Rio Preto realizou as investigações em conjunto com a DHBF Reprodução/Internet
Taxista foi encontrado morto em Guapimirim Reprodução / Internet

Comentários